sicnot

Perfil

TSU/PEC

  • Há acordo de princípio para alternativa à TSU
    1:57
  • Redução da TSU chumbada

    TSU/PEC

    A redução da Taxa Social Única para as empresas foi chumbada esta tarde no Parlamento, com os votos contra do PCP, Bloco de Esquerda, PEV e PSD e a abstenção do CDS-PP e do PAN.

  • Porque é que um vídeo do patrão da Padaria Portuguesa se tornou viral?

    País

    Um direto na Edição da Manhã da SIC Notícias transformou-se num dos vídeos mais vistos na internet e discutidos nas redes sociais. Nuno Carvalho, um dos donos da Padaria Portuguesa, foi um dos patrões ouvidos na emissão sobre o aumento do salário mínimo. Mas ao contrário dos testemunhos de patrões do têxtil ou da hotelaria, o de Nuno Carvalho motivou um comentário de Daniel Oliveira no facebook. Foi o rastilho

  • Parlamento aprovou redução do PEC
    1:59

    TSU/PEC

    O Parlamento aprovou esta sexta-feira a redução do Pagamento Especial por Conta para as empresas, que substituiu as alterações à Taxa Social Única, chumbadas no mês passado. A oposição acusa o Governo de estar a fazer um remendo para corresponder às exigências do Bloco e do PCP relativamente ao aumento do salário mínimo nacional.

  • Parlamento aprova hoje redução do PEC
    2:03

    TSU/PEC

    O Parlamento vai aprovar esta sexta-feira a redução do Pagamento Especial por Conta (PEC) para as empresas, que substituiu as alterações à TSU, chumbadas em janeiro. A oposição acusa o Governo de estar a fazer um remendo para corresponder às exigências do BE e do PCP relativamente ao aumento do salário mínimo nacional.

  • Governo terá tido "acesso de otimismo" com a TSU
    0:51

    TSU/PEC

    O comunista Bernardino Soares acredita que o Governo estava convencido de que a descida da TSU seria aprovada no Parlamento. Ao programa "10 minutos" da SIC Notícias, o presidente da Câmara de Loures disse esta manhã que a medida nem devia ter sido proposta, porque não beneficia os trabalhadores.

  • Empresas perdem redução da TSU que vigorava desde 2016

    TSU/PEC

    A partir desta quarta-feira, as empresas perdem a redução da TSU que vigorava desde fevereiro de 2015. Uma redução de 0.75%, considerada como medida excecional de apoio ao emprego e uma contrapartida para o aumento do salário mínimo para os 530 euros.