sicnot

Perfil

TSU/PEC

Jerónimo diz que descida da TSU é "prenda" do governo às multinacionais

MIGUEL A. LOPES

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa, definiu esta sexta-feira a redução da Taxa Social Única (TSU) acordada em concertação social como uma "prenda de Natal" do "Governo do PS" às grandes multinacionais.

"Não tenhamos ilusões: Este bónus, esta prenda de Natal que o governo do PS quis dar às confederações patronais, vai ter implicações, benefícios e privilégios para as grandes empresas, as grandes multinacionais", sustentou o líder comunista, em declarações à agência Lusa e à Antena 1.

O secretário-geral do PCP falava no Seixal (Setúbal), após uma delegação do partido se ter reunido com a Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME) para apresentação as principais conclusões do XX congresso do partido, que decorreu recentemente.

As declarações de Jerónimo surgem um dia depois de o Governo e os parceiros sociais terem chegado a um acordo de princípio de médio prazo, em sede de Concertação Social, sem a CGTP, e que contempla, no imediato, a atualização do salário mínimo nacional para os 557 euros, a partir de 01 de janeiro, a par da redução da TSU em 1,25 pontos percentuais para os empregadores.

Questionado sobre se a baixa da TSU pode representar um incentivo para a contratação pelo salário mínimo, o líder comunista foi perentório: "É inevitável".

E continuou: "Se há esta benesse, esta vantagem, a tendência vai ser de em vez de combater o número de trabalhadores que recebem o salário mínimo nacional, eles vão aumentar. Há uma parte que é compensada, o patronato".

Depois, Jerónimo de Sousa deu como exemplo os setores da limpeza e as grandes superfícies como áreas cujos patrões podem ser abrangidos por este "bónus".

O comunista lembrou ainda a componente de "justiça social e desenvolvimento económico" do salário mínimo nacional, que o PCP sempre defendeu que devia ser de 600 euros em janeiro de 2017.

As "divergências" com o PS e o executivo "nada impedem o PCP de prosseguir" as suas lutas, como disso foi exemplo a "batalha" pelas pensões no Orçamento do Estado de 2017, assinalou ainda Jerónimo.

Pela parte da Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME), Clementina Henriques sublinhou haver poucos trabalhados das empresas ligadas à entidade que recebam o salário mínimo.

"Não é relevante" no global da associação, frisou ainda, valorizando o encontro com os comunistas e os pontos de convergência entre ambos.

A delegação do PCP que se deslocou esta tarde ao Seixal foi liderada pelo secretário-geral e integrada ainda por Bruno Dias (membro do Comité Central do PCP e deputado) e Fernando Sequeira (membro da Comissão para as Atividades Económicas junto do Comité Central do PCP).

Lusa

  • Ministro garante segurança nas escolas com uso de poliuretano
    0:52

    País

    O ministro da Educação garante que as escolas estão em segurança e que não há perigo com um material como o poliuretano. Tiago Brandão Rodrigues respondia, esta quarta-feira, a uma pergunta dos Verdes sobre a substituição de amianto nas escolas.

  • Estoril garante que estrutura da bancada não está em causa
    2:23

    Desporto

    O Laboratório Nacional de Engenharia Civil deverá emitir esta quinta-feira um parecer preliminar sobre a bancada norte do estádio do Estoril-Praia. O clube garante que a estrutura não está em causa e que, tal como a câmara de Cascais, aguarda por conclusões para uma edificação feita no vale da Amoreira.

  • "Quem me dera que a bancada do Estoril fosse com o c......"

    Desporto

    Depois da polémica no jogo entre Estoril-Praia e FC Porto, um cântico polémico da claque do Sporting sobre a bancada do estádio António Coimbra da Mota que obrigou à interrupção do jogo da passada segunda-feira. Tudo aconteceu durante um jogo do campeonato de hóquei em patins entre leões e dragões.

  • Ronaldo estará mesmo de saída do Real Madrid
    2:01
  • Várias alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Encontradas 86 pedras preciosas numa casa em Albufeira
    0:48
  • Registada em vídeo explosão de meteoro nos EUA
    0:42
  • "A Rússia não nos ajuda nada na Coreia do Norte"

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, condenou esta quarta-feira a postura da Rússia sobre a situação da Coreia do Norte, afirmando que o país está a minar os esforços internacionais em curso para isolar o regime de Kim Jong-Un.

  • Polícia descobre arte de esconder 750 quilos de droga em ananases
    2:25
  • Moscovo só teve seis minutos de luz solar em dezembro

    Mundo

    Os portugueses estão tão habituados ao sol, que nunca imaginariam passar um mês inteiro sem ele. O fenómeno aconteceu na capital russa. Moscovo bateu o recorde em dezembro, quando passou o mês inteiro sem luz solar direta. As pessoas de Moscovo viram o sol apenas durante seis minutos e a espreitar timidamente por entre as nuvens.

  • A maior lua de Saturno tem nível do mar tal como a Terra

    Mundo

    Titã, a maior lua de Saturno, tem uma altura média da superfície do mar, tal como a Terra, revela um estudo divulgado esta quarta-feira, que se baseia em observações feitas pela sonda norte-americana Cassini, cuja missão terminou em setembro.