sicnot

Perfil

TSU/PEC

Há acordo de princípio para alternativa à TSU

Há acordo de princípio para alternativa à TSU

O Governo e os parceiros sociais chegaram na noite passada a um entendimento para ultrapassar o chumbo da descida da Taxa Social Únicas no Parlamento. A revelação foi feita pelas confederações patronais na SIC Notícias.

A proposta apresentada por António Costa passa pelo Pagamento Especial por Conta das empresas. Os patrões aceitam a garantia de que será compensada no mesmo valor da descida da TSU.

"Há um acordo de princípio que retira por valor de idêntico montante em sede de Pagamento Especial por Conta", disse António Saraiva, presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), em declarações à SIC Notícias.

Segundo António Saraiva, o que a CIP exigia era uma "contrapartida de igual montante", de cerca de 40 milhões de euros. António Saraiva falava depois de um encontro hoje ao final do dia entre os representantes das empresas e industriais portugueses e o primeiro-ministro, António Costa, depois de o Parlamento ter revogado o decreto que baixava a Taxa Social Única (TSU) dos empregadores.

Para o presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), João Vieira Lopes, a proposta do Governo ainda não é clara e deve ter em conta "todas as perturbações que o processo introduziu em termos de relação de confiança com o Governo e com o sistema político em geral".

"É preciso encontrar outras fórmulas que permitam restaurar o ambiente de confiança com as empresas, que estão preocupadas porque se habituaram ao longo dos anos que os acordos em concertação social fossem aceites por todos os órgãos do poder político em Portugal", insistiu.

A mesma opinião teve João Machado, presidente da Confederação de Agricultura de Portugal, sublinhando que é a "primeira vez que um acordo de concertação social é posto em causa por um órgão de soberania constitucional". "Preocupa-me como é que vamos ter palco no futuro para continuar a acordar coisas com o Governo (...), uma vez que o parlamento pode desrespeitar todas estas entidades", declarou.

Em relação ao acordo de princípio com o Governo, João Machado disse que o "PEC é talvez o pagamento que mais pode refletir o pagamento da TSU". "Temos de conhecer melhor a proposta. Do que depender de nós, temos toda a disponibilidade, assim que recebermos a proposta concreta, para perceber como pode ser melhorada", disse Francisco Calheiros, presidente da Confederação de Turismo de Portugal.

  • Passos chumba TSU para chumbar Marcelo

    Opinião

    Em 2012 o então Presidente Cavaco Silva foi essencial para alcançar um importante acordo de Concertação Social. Na altura não foi fácil para a UGT deixar a assinatura num acordo que trazia medidas duríssimas: os despedimentos eram facilitados, o subsídio de desemprego reduzido, apareciam os bancos de horas e cortavam-se férias e feriados. A troika estava em Portugal e o clima social e político, como todos nos lembramos, não podia estar mais crispado. Ainda assim, com um intenso e reconhecido trabalho de bastidores do então chefe de Estado, o acordo foi possível e acabou assinado em janeiro desse ano.

  • Maria Luís diz que descida da TSU era um incentivo perverso
    0:40

    TSU/PEC

    Maria Luís Albuquerque diz que o acordo que o Governo aprovou em concertação social era baseado num incentivo "perverso". A ex-ministra das Finanças esteve esta quarta-feira num jantar em Bruxelas em que comentou o chumbo da descida da TSU e a solução de um problema que considera que cabe ao Governo.

  • Redução da TSU chumbada

    TSU/PEC

    A redução da Taxa Social Única para as empresas foi chumbada esta tarde no Parlamento, com os votos contra do PCP, Bloco de Esquerda, PEV e PSD e a abstenção do CDS-PP e do PAN.

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.