sicnot

Perfil

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Ucrânia aprova aumento das Forças Armadas para 250 mil tropas

O parlamento da Ucrânia aprovou hoje a ampliação das Forças Armadas para 250 mil homens, um aumento correspondente a 30 por cento, a semanas de se assinalar um ano de conflito armado no leste do país.

(Reuters/Arquivo)

A proposta de lei foi aprovada por 270 dos 423 deputados da Rada Suprema.

Em meados de janeiro, durante a ofensiva lançada pelos separatistas pró-russos contra o aeroporto de Donetsk (leste), as autoridades ucranianas anunciaram a mobilização de 50 mil homens.

A maioria dos novos militares será enviada para zonas vizinhas de Donetsk e Lugansk, onde os separatistas controlam menos de metade do território, para render as tropas que combatem os milicianos desde maio.

O conflito armado, iniciado em abril de 2014, já fez mais de mil mortos entre as forças governamentais.

Desde então, o governo de Kiev reinstaurou o serviço militar obrigatório e a mobilização parcial dos reservistas.



Lusa

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.