sicnot

Perfil

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Presidente ucraniano aponta abrandamento do conflito no leste do país

O Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, considerou hoje que está em curso "um abrandamento" do conflito no leste da Ucrânia que já fez mais de 6.000 mortos em 11 meses, numa entrevista a uma estação televisiva ucraniana.

© Gleb Garanich / Reuters

"Posso dizer que o facto de não termos perdas militares a lamentar desde há vários dias, de as vidas dos nossos heróis ucranianos estarem a ser preservadas, é uma indicação clara de que está em curso um abrandamento progressivo", declarou à televisão 1+1.

Observa-se há várias semanas uma relativa acalmia no leste da Ucrânia, onde um novo cessar-fogo entrou em vigor a 15 de fevereiro. No entanto, as autoridades ucranianas continuam a denunciar uma concentração de forças inimigas ao longo da linha da frente.

O Presidente ucraniano precisou que a situação continua tensa, sobretudo em duas zonas: junto das ruínas do aeroporto de Donetsk, retomado pelos rebeldes em janeiro, após intensos combates, e nas imediações da aldeia de Chirokine, a cerca de dez quilómetros do porto estratégico de Mariopol, última grande cidade da zona do conflito sob o controlo de Kiev.

Em caso de forte ofensiva dos separatistas pró-russos que, segundo Kiev e o Ocidente são apoiados por forças russas, Poroshenko expressou a certeza de que o Ocidente dará o seu apoio à Ucrânia fornecendo-lhe, nomeadamente, armas.

"Se for iniciado um novo ciclo de agressões contra a Ucrânia, posso garantir-vos que rapidamente obteremos armas letais e uma nova vaga de sanções ao agressor. Agiremos com firmeza e de forma coordenada", declarou.

Os Estados Unidos mostraram na quarta1-feira a sua ajuda militar à Ucrânia, anunciando que lhe enviarão material no valor de 75 milhões de dólares: equipamentos "não letais", incluindo 'drones' de observação Raven, radares antimorteiros, instrumentos de visão noturna e veículos de transporte Humvee, entre os quais blindados.

Contudo, recusam-se ainda a fornecer as armas letais reclamadas por Kiev.

Além disso, enquanto a trégua parece estar a aguentar-se, o chefe de Estado ucraniano indicou que as forças ucranianas estão a utilizar "este tempo para reparar o material danificado" e para se treinar.

"Neste momento, estão em curso manobras militares intensas", sublinhou, acrescentando que as forças ucranianas estão também a reforçar a sua defesa ao longo da linha da frente, minando as zonas mais expostas a um eventual ataque.


Lusa
  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus pais e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Carro "desgovernado" entra em loja e atropela cliente

    Mundo

    O cliente de um mini-mercado no condado de Bronx, em Nova Iorque, sobreviveu de forma incrível ao impacto de um automóvel que entrou loja adentro. Apesar da violência das imagens, o homem sobreviveu e conseguiu mesmo sair da loja pelo próprio pé até ser transportado para o hospital.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.

  • Pulseira deixa sentir os movimentos do bebé ainda na barriga da mãe

    Mundo

    A pulseira Fibo permite que os futuros pais (ou mães) consigam sentir os seus filhos a dar pontapés ainda na barriga da mãe. Desenvolvida por um designer de joias da Dinamarca, a pulseira vai transmitir os movimentos do bebé no útero, de modo a que os pais possam partilhar essa experiência da gravidez.