sicnot

Perfil

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Amnistia denuncia execuções sumárias de soldados no leste da Ucrânia

A Amnistia Internacional (AI) denunciou hoje alegadas execuções sumárias de soldados ucranianos por parte de grupos pró-russos no leste do país, pedindo uma ação "urgente" para responder à crise humana.

A AI afirma existirem imagens que mostram o soldado ucraniano Ihor Branovytsky (na foto), que defendia o aeroporto de Donetsk, na altura em que foi capturado e interrogado, cuja morte, a qual foi provocada, segundo testemunhas, por um disparo de um comandante separatista (Reuters/ Arquivo)

A AI afirma existirem imagens que mostram o soldado ucraniano Ihor Branovytsky (na foto), que defendia o aeroporto de Donetsk, na altura em que foi capturado e interrogado, cuja morte, a qual foi provocada, segundo testemunhas, por um disparo de um comandante separatista (Reuters/ Arquivo)

© Gleb Garanich / Reuters

"A nova evidência destas mortes sumárias confirma o que suspeitávamos há algum tempo. A questão agora é: 'O que é que os líderes separatistas farão a esse respeito'", disse o subdiretor da AI para a Europa e Ásia Central, Denis Krivosheev.

 

Segundo a organização de defesa dos direitos humanos, há provas de que quatro soldados morreram após serem capturados.

 

"As torturas e a morte de soldados capturados, entregues ou feridos são crimes de guerra. Estas denúncias devem ser imediatamente investigadas, a fundo e de forma imparcial, e os seus responsáveis alvo de julgamentos justos por parte das autoridades reconhecidas", sublinhou Denis Krivosheev.

 

A AI afirma existirem imagens que mostram o soldado ucraniano Ihor Branovytsky, que defendia o aeroporto de Donetsk, na altura em que foi capturado e interrogado, retido até à sua morte, a qual foi provocada, segundo testemunhas, por um disparo de um comandante separatista.

 

A organização também diz ter visualizado vídeos que mostram os corpos de pelo menos outros três militares das forças armadas ucranianas que, aparentemente, foram executados.

 

"As execuções sumárias são pura e simplesmente crimes de guerra. Os líderes da autoproclamada 'República Popular de Donetsk' no leste da Ucrânia devem enviar aos seus membros a clara mensagem de que os que lutam a seu lado e em seu nome devem respeitar as leis da guerra", frisou Krivosheev.

 

Desde fevereiro último está em vigor um cessar-fogo no leste da Ucrânia.

 

A AI apresentou estas denúncias num comunicado, depois de um comandante separatistas ter dito ao jornal ucraniano Kyiv Post, na passada segunda-feira, que matou 15 soldados das forças armadas ucranianos.


Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Já há destinos esgotados para o Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Cães desfilam no Rio de Janeiro
    1:00

    Mundo

    O tradicional cortejo de Carnaval brasileiro só acontece daqui a uns dias, mas no Rio de Janeiro já há inúmeros desfiles pelas ruas. Na praia de Copacabana, os animais mascararam-se de humanos.