sicnot

Perfil

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

UE pede que responsáveis pela queda do MH17 sejam levados à justiça

A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, pediu hoje que os responsáveis diretos e indiretos pela queda do voo MH17 da Malaysia Airlines sejam levados à justiça, instando os países "que possam ajudar" a prestarem uma total colaboração.

© MAXIM ZMEYEV / Reuters

A Alta Representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança recordou que o Conselho de Segurança das Nações Unidas defendeu que os responsáveis "diretos ou indiretos" pela queda do voo MH17 em julho de 2014 quando sobrevoava o leste da Ucrânia têm de responder pelos seus atos e ser presentes à justiça.

"Nesse sentido, foi iniciada uma investigação criminal por uma equipa de investigação conjunta", acrescentou Federica Mogherini, que também é vice-presidente da Comissão Europeia (CE).

"Os Estados que estão em posição de ajudar na investigação e na acusação dos responsáveis devem colaborar totalmente com a investigação criminal em curso", referiu a chefe da diplomacia europeia, sem mencionar um país específico.

Num relatório hoje divulgado, a investigação do Departamento de Segurança da Holanda concluiu que o avião Boeing 777 da Malaysia Airlines, que fazia o voo MH17 entre Amesterdão e Kuala Lumpur, foi abatido, quando sobrevoava o leste da Ucrânia a 17 de julho de 2014, por um míssil terra-ar BUK, de fabrico russo, que atingiu o aparelho do lado esquerdo do 'cockpit'.

Os investigadores não conseguiram determinar o local exato do lançamento do míssil, tendo identificado apenas uma área de 320 quilómetros quadrados no leste da Ucrânia, controlada pelos separatistas pró-russos.

A investigação à queda do voo da Malaysia Airlines, na qual morreram todas as 298 pessoas que seguiam a bordo (193 eram holandeses), concluiu por outro lado que, após a explosão, "a parte da frente do avião foi arrancada e o avião partiu-se no ar".

Federica Mogherini reiterou ainda o "apoio total" da UE à equipa de investigação e a todos os esforços em curso para estabelecer um "mecanismo efetivo processual", com o objetivo de "assegurar que os autores pela queda do voo MH17 sejam identificados e levados à justiça".

A Alta Representante assinalou também que o relatório hoje divulgado pelas autoridades holandesas é um "passo importante" para esclarecer os factos, concluindo que as famílias e os amigos das vítimas "têm o direito de conhecer os factos por detrás da tragédia".

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, também reagiu à publicação do relatório, corroborando a posição da chefe da diplomacia europeia: "Aqueles que direta ou indiretamente são responsáveis pela queda do MH17 devem prestar contas e ser levados à justiça o mais breve possível".

O representante máximo da Aliança Atlântica saudou ainda o trabalho do Departamento de Segurança da Holanda e elogiou o organismo por ter realizado uma investigação "independente, neutral e aberta".

Lusa

  • Portugal inicia preparação para o Mundial sem Cristiano Ronaldo

    Rumo ao Mundial 2018

    A seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018, que arranca em 14 de junho, na Rússia, com um treino na Cidade do Futebol, em Oeiras, numa sessão em que são esperadas algumas ausências. O capitão Cristiano Ronaldo, que vai disputar no sábado a final da Liga dos Campeões com o Real Madrid, é baixa certa no arranque dos trabalhos, mas não deve ser o único.

  • Hoje é notícia

    País

    Esta terça-feira realiza-se o funeral do antigo ministro António Arnaut na Figueira da Foz. Em Sintra está previsto o início do julgamento dos 17 agentes da PSP acusados de agredirem jovens da Cova da Moura, concelho da Amadora, no interior da esquadra de Alfragide. Em Oeiras, a seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20