sicnot

Perfil

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Alemanha, França, Rússia e Ucrânia reafirmam compromisso com cessar-fogo

Os líderes da Alemanha, França, Rússia e Ucrânia reafirmaram esta quarta-feira o seu "compromisso com um cessar-fogo" no leste da Ucrânia, durante uma conversa telefónica de cerca de duas horas, anunciou a presidência francesa num comunicado.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Alexander Ermochenko / Reuters

Angela Merkel, François Hollande, Vladimir Putin e Petro Poroshenko abordaram também a "preparação de eleições locais no Donbass", as regiões separatistas de Donetsk e Lugansk, "que devem realizar-se no princípio do próximo ano".

Os dirigentes, que não conversavam a quatro desde o encontro que se realizou em Paris a 2 de outubro, "sublinharam a importância da plena aplicação em 2016 do conjunto das medidas de Minsk", o acordo de cessar-fogo assinado em fevereiro passado.

O comunicado indica ainda que ficou acordada a realização de uma reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos quatro países "até ao início de fevereiro" para "fazer o ponto da situação da aplicação do pacote de Minsk".

Os acordos de Minsk contribuíram para uma redução significativa dos combates nas zonas separatistas do leste da Ucrânia, onde o conflito iniciado em abril de 2014 já fez mais de 9000 mortos.

A Ucrânia e os representantes dos rebeldes anunciaram na terça-feira a conclusão de mais uma trégua, que designaram de Ano Novo, depois de incidentes recentes terem abalado o frágil cessar-fogo.

Além do cessar-fogo e da recuperação pela Ucrânia do controlo da fronteira com a Rússia, os acordos de Minsk preveem eleições locais em Donetsk e Lugansk.

Tais votações obrigam a alterações na Constituição da Ucrânia para consagrar uma maior autonomia às regiões rebeldes, alterações que suscitam fortes críticas de setores que as consideram uma forma de legalizar 'de facto' o separatismo e desestabilizar todo o país.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.