sicnot

Perfil

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Rússia diz-se desiludida com investigação à queda do voo MH17

A diplomacia russa manifestou-se, esta quarta-feira, "desiludida" com o relatório "parcial e politicamente motivado" que concluiu que o voo MH17 da Malaysia Airlines foi abatido por um míssil levado da Rússia para o leste da Ucrânia.

"A Rússia está desiludida com o facto de a investigação da catástrofe do Boeing não mudar. As conclusões confirmam que a investigação é parcial e politicamente motivada", afirmou a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Maria Zakharova, num comunicado.

O texto acusa a Equipa de Investigação Conjunta, uma equipa internacional liderada pela Holanda, de integrar peritos da Ucrânia, parte interessada no desastre, e de ignorar as informações prestadas pela Rússia, que acusou Kiev de abater o avião de passageiros.

Wilbert Paulissen, chefe da equipa de investigadores, apresentou hoje de manhã as conclusões da investigação, entre as quais a de que "o voo MH17 foi abatido por um míssil BUK, da série 9M83, proveniente do território da Federação Russa".

O avião de passageiros, um Boeing 777, foi abatido a 17 de julho de 2014 sobre o leste da Ucrânia, numa zona sob controlo dos separatistas pró-russos, matando todas as 198 pessoas que seguiam a bordo, entre as quais havia 196 cidadãos holandeses.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.