sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Brasil trava novo combate contra mosquito transmissor de dengue

Face ao aumento de casos de microcefalia, o Brasil está a travar um novo combate contra o mosquito 'Aedes aegypti', que transmite dengue, chikungunya e o zika vírus, este último o principal suspeito de causar o surto.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Paulo Whitaker / Reuters

O Governo brasileiro anunciou que vai ampliar os esforços para combater o mosquito, incluindo o deslocamento de militares do Exército para combater focos de reprodução e o estudo do uso de novas tecnologias, como a distribuição de redes mosquiteiras impregnadas com inseticidas, a libertação de mosquitos transgênicos cujas larvas não se tornam novos insetos e a esterilização das fêmeas do 'Aedes aegypti' com uma bactéria.

No último fim de semana, a Presidente Dilma Rousseff anunciou um Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, que envolve também Estados e municípios.

Além das ações de combate ao 'Aedes aegypti', as medidas incluem o atendimento a grávidas, o controle centralizado dos casos do diagnóstico e o desenvolvimento tecnológico, de educação e pesquisa.

Até ao passado dia 28 de novembro, o país registou 1.248 casos suspeitos de microcefalia, em 311 cidades de 13 Estados e do Distrito Federal, segundo o Ministério da Saúde.

Até 2014, o Brasil tinha uma média anual de 100 a 120 casos de recém-nascidos com esse diagnóstico.

Os Estados de Pernambuco, Sergipe, Rio Grande do Norte e Paraíba, no nordeste do país, e Espírito Santo, no sudeste, decretaram o estado de emergência em saúde, assim como o Governo Federal.

Em São Paulo e no Rio de Janeiro, o plano de combate ao mosquito transmissor de dengue divulgado pelas autoridades locais envolve o trabalho de agentes de segurança para a busca e destruição de possíveis criadouros do inseto, que prolifera em locais com águas paradas.

A ligação entre o zika vírus e a microcefalia foi feita pela primeira vez em 17 de novembro, quando o vírus foi encontrado no líquido amniótico de duas grávidas na Paraíba, cujos filhos foram diagnosticados após exames médicos.

Com base nesse resultado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um alerta sobre a relação entre a microcefalia e o zika vírus, que já foi registado em nove países do continente americano, e pediu que o combate ao mosquito 'Aedes aegypti', que transmite o vírus, seja reforçado.

Segundo a OMS, o vírus, que até pouco tempo atrás era considerado um dengue mais brando, pode estar ligado também à síndrome de Guillain-Barré, que ataca o sistema nervoso.

Cientistas do Ministério da Saúde trabalham ao lado de investigadores da Organização Pan-Americana de Saúde e dos Estados Unidos no Estado de Pernambuco, onde foram registados mais casos de microcefalia.

No passado dia 04 de dezembro, o Governo brasileiro diminuiu em um centímetro o critério que classifica um caso suspeito de microcefalia em bebês de nove meses, passando de 33 centímetros para 32 centímetros ou menos, de circunferência de crânio.

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.