sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Estudo conclui que vírus Zika representa uma ameaça para a saúde humana

O Instituto Pasteur estudou pela primeira vez a sequência genética do vírus Zika, transmitido por mosquitos tal como o dengue, e que representa uma ameaça para a saúde humana, embora a infeção passe muitas vezes despercebida.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

REUTERS

A estirpe do vírus em circulação na América desde 2015 já provocou uma epidemia "sem precedentes", segundo o instituto francês, que salientou que o estudo vai ajudar a compreender a sua evolução para desenvolver ferramentas de diagnóstico.

O Zika foi identificado pela primeira vez no Uganda em 1947, num macaco.

O vírus pertence à mesma família do dengue e da febre-amarela e os primeiros casos detetados em humanos foram registados em 1968, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Na maioria dos casos (entre 70 e 80%), a infeção passa despercebida e os sintomas são do tipo gripal com erupções cutâneas.

O Zika pode também manifestar-se através de uma conjuntivite ou por dor nos olhos, assim como por inchaço nos pés e nas mãos.

Até agora, nenhuma morte causada pelo vírus foi registada, segundo a agência norte-americana para a monitorização e prevenção de doenças.

Mas, dois tipos de complicações graves têm sido descritas, nomeadamente complicações neurológicas e malformações em fetos de pacientes do sexo feminino, o que obriga a uma "vigilância do surto", referiu o Ministério da Saúde francês.

Não existe nenhum medicamento ou vacina específica contra o vírus. O único tratamento passa pela ingestão de analgésicos para reduzir a dor.

Para proteção, o Ministério da Saúde francês recomenda que se evite ser picado por mosquitos, usando roupas largas, repelentes e mosquiteiros.

As mulheres grávidas devem estar especialmente vigilantes.

Depois de ter sido detetado em África, Ásia e Pacífico, a doença atingiu o continente americano em 2015, com o Brasil a ser o país mais afetado.

O Ministério da Saúde alerta que o vírus pode chegar ao sul da Europa, especialmente a França, entre maio e novembro.

Lusa

  • Vários mortos em avalancha em Itália

    Mundo

    Várias pessoas morreram numa avalanche que atingiu um hotel numa estação de esqui na montanha de Gran Sasso, Itália. As equipas de socorro conseguiram resgatar duas pessoas, mas admitem ainda a existência de quase 30 mortos.

    Em desenvolvimento

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Temperaturas negativas congelam rio em Bragança
    1:26

    País

    As baixas temperaturas os últimos dois dias, com as mínimas a descer até aos 10 graus negativos durante a noite e madrugada, congelaram o rio que atravessa a aldeia de Gimonde, no concelho de Bragança. O repórter da SIC João Faiões esteve esta manhã no local.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.

  • Feriado no Carnaval e fim das pontes chumbados
    2:15

    País

    Nem o Carnaval vai passar a ser feriado, nem as pontes vão acabar. O PS rejeitou esta quarta-feira no Parlamento uma proposta do PSD para que os feriados a meio da semana sejam gozados na segunda-feira seguinte. Ao mesmo tempo, os socialistas recusaram duas propostas apoiadas pelos partidos de esquerda, para que o Carnaval passasse a ser sempre feriado.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16