sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Estudo conclui que vírus Zika representa uma ameaça para a saúde humana

O Instituto Pasteur estudou pela primeira vez a sequência genética do vírus Zika, transmitido por mosquitos tal como o dengue, e que representa uma ameaça para a saúde humana, embora a infeção passe muitas vezes despercebida.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

REUTERS

A estirpe do vírus em circulação na América desde 2015 já provocou uma epidemia "sem precedentes", segundo o instituto francês, que salientou que o estudo vai ajudar a compreender a sua evolução para desenvolver ferramentas de diagnóstico.

O Zika foi identificado pela primeira vez no Uganda em 1947, num macaco.

O vírus pertence à mesma família do dengue e da febre-amarela e os primeiros casos detetados em humanos foram registados em 1968, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Na maioria dos casos (entre 70 e 80%), a infeção passa despercebida e os sintomas são do tipo gripal com erupções cutâneas.

O Zika pode também manifestar-se através de uma conjuntivite ou por dor nos olhos, assim como por inchaço nos pés e nas mãos.

Até agora, nenhuma morte causada pelo vírus foi registada, segundo a agência norte-americana para a monitorização e prevenção de doenças.

Mas, dois tipos de complicações graves têm sido descritas, nomeadamente complicações neurológicas e malformações em fetos de pacientes do sexo feminino, o que obriga a uma "vigilância do surto", referiu o Ministério da Saúde francês.

Não existe nenhum medicamento ou vacina específica contra o vírus. O único tratamento passa pela ingestão de analgésicos para reduzir a dor.

Para proteção, o Ministério da Saúde francês recomenda que se evite ser picado por mosquitos, usando roupas largas, repelentes e mosquiteiros.

As mulheres grávidas devem estar especialmente vigilantes.

Depois de ter sido detetado em África, Ásia e Pacífico, a doença atingiu o continente americano em 2015, com o Brasil a ser o país mais afetado.

O Ministério da Saúde alerta que o vírus pode chegar ao sul da Europa, especialmente a França, entre maio e novembro.

Lusa

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.