sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

DGS confirma seis casos de doença por vírus Zika em Portugal

A Direção-Geral da Saúde (DGS) confirmou hoje, em comunicado enviado às redações, que há seis casos confirmados de doentes infetados pelo vírus Zika, todos importados da América Latina.

© Mariana Bazo / Reuters

Na nota, o diretor-geral da Saúde confirma ainda que nenhuma das infeções ocorreu em grávidas e recomenda que não viagem para as zonas afetadas. Caso o tenham de fazer, a DGS deixa as seguintes recomendações:

1. Antes do início da viagem procurar aconselhamento em Consulta do Viajante;

2. No país de destino seguir as recomendações das autoridades locais;

3. Assegurar proteção contra picada de mosquitos:

a. Utilizar vestuário adequado para diminuir a exposição corporal à picada (camisas de manga comprida, calças);

b. Optar preferencialmente por alojamento com ar condicionado;

c. Utilizar redes mosquiteiras;

d. Ter especial atenção aos períodos do dia em que os mosquitos do género Aedes picam;

e. Aplicar repelentes observando as instruções do fabricante, fazendo notar:

i. Crianças e mulheres grávidas podem utilizar repelentes de insetos apenas mediante aconselhamento de profissional de saúde;

ii. Não são recomendados para recém-nascidos com idade inferior a 3 meses;

iii. Se tiver de utilizar protetor solar e repelente, deverá aplicar primeiro o protetor solar e depois o repelente.

4. As grávidas que tenham permanecido em áreas afetadas devem consultar o médico de família ou o obstetra após o regresso, mencionando a viagem.

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".