sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Laboratório indiano já está a testar as primeiras vacinas contra Zika

O laboratório indiano Bharat Biotech anunciou que tem duas vacinas que podem ser usadas para combater o vírus Zika, segundo informações publicadas hoje pelo jornal The Times of India.

DR. ERIK LATTWEIN/EUROIMMUN AG/HANDOUT

"Há duas vacinas candidatas em desenvolvimento: uma é recombinante e outra já está em fase de testes pré-clínicos em animais. Somos a primeira empresa do mundo a patentear vacinas contra o Zika", disse o diretor da empresa, Krishna Ella, citado pelo jornal indiano.

O executivo também informou que um grupo de cientistas trabalha no desenvolvimento das vacinas, mas recusou revelar os investimentos feitos no projeto.

Esta semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a epidemia do vírus Zika é um "acontecimento extraordinário" e uma "ameaça à saúde pública".

A organização também citou a falta de vacinas, testes diagnósticos rápidos e confiáveis como uma grande preocupação.

A OMS indicou que 32 países e territórios têm casos de Zika. Desses, 26 estão nas Américas, além de Cabo Verde, Maldivas, Fiji, Samoa, Ilhas Salomão e Vanuatu.

No Brasil, um dos países mais atingidos pelo vírus, as autoridades de saúde investigam a suspeita de que a infeção durante a gestação possa ser o responsável pelo aumento dos casos de microcefalia.

Os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde do Brasil confirmaram que 404 bebés nasceram com microcefalia. Destes, 17 recém-nascidos possuíam anticorpos do vírus Zika no corpo.

Há mais 3.670 bebés, com má formação, sob investigação médica.

Lusa

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.