sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Ensaios clínicos com vacinas para o Zika só em 18 meses

A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou hoje que uma vacina para o vírus Zika, que estará relacionado com casos de microcefalia e desordens neurológicas, não vai estar disponível para ensaios clínicos antes dos próximos 18 meses.

Ensaio clínico na tentativa de encontrar uma vacina ou tratamento para a epidemia que está a afectar principalmente a América Latina.

Ensaio clínico na tentativa de encontrar uma vacina ou tratamento para a epidemia que está a afectar principalmente a América Latina.

© Mariana Bazo / Reuters

"Apesar do cenário encorajador, as vacinas vão demorar pelo menos 18 meses para poderem estar prontas para um ensaio [clínico] em larga escala", disse Marie-Paule Kieny, vice-diretora da OMS encarregada do departamento de sistemas de saúde e inovação.

A responsável acrescentou ainda que a organização identificou quinze companhias que estão já a trabalhar no desenvolvimento de uma vacina para o Zika.

A Organização Mundial de Saúde declarou, no passado dia 01 de fevereiro, uma emergência de saúde internacional devido à possível relação entre os casos de microcefalia em recém-nascidos registados no Brasil com o vírus Zika, apesar de declarar que esta ligação ainda não foi provada cientificamente.

Transmitido pela picada de mosquitos do género 'Aedes', o Brasil é o país mais atingido no mundo pela epidemia de Zika, com 1,5 milhões de doentes e três mortes confirmadas, seguindo-se a Colômbia (22.600 casos).

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.