sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Zika permanece no sémen mesmo após infeção

Vestígios do vírus Zika foram detetados no sémen de um britânico dois meses após ter sido infetado.

Transmitido pela picada de mosquitos do género 'Aedes', o Brasil é o país mais atingido no mundo pela epidemia de Zika, com 1,5 milhões de doentes e três mortes confirmadas.

Transmitido pela picada de mosquitos do género 'Aedes', o Brasil é o país mais atingido no mundo pela epidemia de Zika, com 1,5 milhões de doentes e três mortes confirmadas.

© Edgar Su / Reuters

A revelação foi feita hoje pelas autoridades de saúde britânicas, o que sugere que o vírus pode continuar no sémen de um homem muito tempo depois de deixar de ter os sintomas da infeção.

O homem de 68 anos foi infetado há dois anos na Polinésia Francesa. As primeiras análises ao sangue foram feitas quando o indivíduo apresentou febre. Nos testes realizados 62 dias após os primeiros sintomas, continuou a acusar a presença do vírus no sémen.

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35