sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Primeiro caso de Zika na Rússia é de mulher infetada na República Dominicana

A Rússia anunciou hoje o primeiro caso de infeção pelo vírus Zika no país, numa mulher infetada na República Dominicana, para onde viajou de férias.

© Leonhard Foeger / Reuters

De acordo com o departamento de Consumo (Rozpotrebnadzor), a doente foi hospitalizada em Moscovo e "o seu estado é satisfatório".

"As análises laboratoriais revelaram a presença do vírus Zika na doente", explicou a mesma fonte.

As autoridades sanitárias russas mantêm sob observação os familiares mais próximos da mulher infetada.

O avião no qual a mulher, residente em Moscovo, regressou à Rússia foi desinfetado "para evitar riscos para a saúde dos passageiros", acrescentou.

O vírus Zika foi detetado em cerca de 30 países da América Latina e Caraíbas.

A 01 de fevereiro, a Organização Mundial de Saúde declarou uma emergência de saúde internacional devido à possível relação entre os casos de microcefalia em recém-nascidos registados no Brasil com o vírus Zika.

Transmitido pela picada de mosquitos do género 'Aedes', o Brasil é o país mais atingido no mundo pela epidemia de Zika, com 1,5 milhões de doentes e três mortes confirmadas, seguindo-se a Colômbia (22.600 casos).

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.