sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Primeiro caso de Zika na Rússia é de mulher infetada na República Dominicana

A Rússia anunciou hoje o primeiro caso de infeção pelo vírus Zika no país, numa mulher infetada na República Dominicana, para onde viajou de férias.

© Leonhard Foeger / Reuters

De acordo com o departamento de Consumo (Rozpotrebnadzor), a doente foi hospitalizada em Moscovo e "o seu estado é satisfatório".

"As análises laboratoriais revelaram a presença do vírus Zika na doente", explicou a mesma fonte.

As autoridades sanitárias russas mantêm sob observação os familiares mais próximos da mulher infetada.

O avião no qual a mulher, residente em Moscovo, regressou à Rússia foi desinfetado "para evitar riscos para a saúde dos passageiros", acrescentou.

O vírus Zika foi detetado em cerca de 30 países da América Latina e Caraíbas.

A 01 de fevereiro, a Organização Mundial de Saúde declarou uma emergência de saúde internacional devido à possível relação entre os casos de microcefalia em recém-nascidos registados no Brasil com o vírus Zika.

Transmitido pela picada de mosquitos do género 'Aedes', o Brasil é o país mais atingido no mundo pela epidemia de Zika, com 1,5 milhões de doentes e três mortes confirmadas, seguindo-se a Colômbia (22.600 casos).

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.