sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Cuba mobiliza 9.000 militares e 200 polícias para combater o Zika

Cuba anunciou hoje um plano de ação para combater os vírus Zika, Dengue e Chikungunya, que inclui a mobilização de 9.000 membros das Forças Armadas e 200 polícias para combater o mosquito que transmite estas doenças.

© Oswaldo Rivas / Reuters

Num comunicado intitulado «Apelo ao nosso povo» e publicado nos meios oficiais, o Presidente de Cuba, Raúl Castro, exorta os cubanos a assumir como "um assunto pessoal» a luta contra o mosquito e assinala que a Organização Mundial de Saúde declarou a rápida propagação do Zika no continente americano como uma emergência sanitária internacional.

Apesar de não ter sido detetado qualquer caso do vírus Zika em Cuba, Raúl Castro adverte que existem fatores, como o deficiente saneamento ambiental e condições meteorológicas adversas, que "propiciam o risco de propagação da doença".

«Até ao momento não foi detetado no nosso país qualquer caso (de Zika), apesar de estarem a ser acompanhados e estudados todos os sintomas febris inespecíficos para identificar atempadamente a sua presença e se intensifica o controlo sanitário internacional. Caso seja detetado algum doente, existem todas as condições para uma assistência médica qualificada», indicou o líder cubano.

Raúl Castro precisou que como parte deste «plano de ação aprovado», as Forças Armadas Revolucionárias vão destacar mais de 9.000 efetivos, incluindo oficiais do quadro e na reserva, e meios técnicos para reforçar as medidas de saneamento, com o apoio adicional de 200 oficiais da Polícia Nacional Revolucionária.

Após a aplicação intensiva deste plano, será acionado um «plano de sustentabilidade no tempo» para que «não se converta em mais uma campanha», com o objetivo de garantir «índices mínimos» de infestação.

O vírus Zika, transmitido pela picada de mosquitos do tipo Aedes, é fortemente suspeito de ser responsável por numerosos casos de malformações congénitas nos recém-nascidos, designadamente a microcefalia.

O mosquito Aedes Asgypti ou Aedes Albopictus (mosquito tigre) já propagou o Zika em pelo menos 36 países, incluindo 28 na América do Norte e do Sul, sendo o Brasil o mais afetados, com cerca de 1,5 milhões de casos.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.