sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Zika é "problema Mundial", mas no Brasil estará "sob controlo"

O presidente do Comité Organizador dos Jogos Olímpicos Rio2016, Carlos Nuzman, reconheceu hoje que o vírus Zika é um "problema mundial", mas disse que o Brasil tomou as medidas necessárias e que a situação está "sob controlo".

"O Zika é um problema mundial, mesmo que tenha sido detetado pela primeira vez em 1940. O Brasil tomou medidas. O Comité Olímpico Internacional (COI) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) asseguraram que o tema é uma prioridade, mas reiteram que tudo está sob controlo", disse, em Londres.

O responsável, que falava durante uma sessão informativa sobre os Jogos, que decorrem de 05 a 21 de agosto, no Rio de Janeiro, revelou que houve uma reunião entre a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, e a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, da qual saiu a ideia de que tudo deveria ser feito para se "minimizar o risco de contacto".

Nuzman confirmou que a organização não vai pagar aos atletas qualquer sistema antimosquito, mas que vai instalar ar condicionado em todas as habitações do parque olímpico, "pois é mais eficiente".

"Oferecemo-nos para pagar o ar condicionado. Com isso não serão necessárias mosquiteiras, já que se pode controlar a temperatura dos quartos. É mais eficiente do que uma rede", vincou.

Num outro âmbito, o COI revelou na quarta-feira a criação de uma equipa de desportistas refugiados, iniciativa que o comité organizador se revela "totalmente a favor".

"Falámos com eles e estamos totalmente a favor da iniciativa. O COI decidirá quantos competem, mas devem saber que as nossas portas estão abertas. Será um contributo muito positivo", considerou.

O responsável destacou ainda o "legado" que os Jogos Olímpicos deixarão ao país, bem como a toda a América Latina, região onde o evento nunca se celebrou, garantindo que, no fim, "não haverá elefantes brancos", aludindo a infraestruturas desaproveitadas posteriormente ao evento.

Revelou-se ainda despreocupado com o facto de apenas metade dos bilhetes terem sido vendidos -- "os brasileiros adoram comprar os ingressos apenas à última hora" --, confiando que a competição vai ficar lotada, dando o exemplo do que aconteceu com o Mundial2014 de futebol no país.

Lusa

  • "Almaraz: Uma bomba-relógio aqui ao lado"
    1:56
  • S. João do Porto sem balões
    2:36

    País

    No Porto, milhares de pessoas foram para a rua festejar o São João. Este ano houve tolerância zero no lançamento de balões, por causa do risco de incêndio. O fogo de artifício começou com mais de 15 minutos de atraso.

  • Mais de 100 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.