sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Medidas adotadas na Madeira contra o Zika adequadas e com bons resultados

A Direção-Geral da Saúde (DGS) esclareceu hoje que, para já, não são necessárias medidas extra de proteção contra o vírus Zika na Madeira, porque as medidas atuais estão a ter bons resultados e o risco da doença é pequeno.

CHRISTIAN BRUNA

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou hoje para a subida do risco de propagação do vírus Zika na Europa do nível baixo para moderado no final da primavera e no verão, sendo mais intenso em regiões periféricas como a Madeira, e apelou aos países com risco mais elevado para reforçarem as suas capacidades, dando prioridade à prevenção da propagação do Zika.

Em declarações à Lusa, o diretor-geral da Saúde esclareceu que não serão tomadas medidas extra em Portugal, relativamente à Madeira, porque "as atuais medidas estão bem implementadas e a ter bons resultados".

"O risco existe, mas é pequeno. Em conjunto com as autoridades da Madeira estamos a acompanhar a evolução do problema, que resulta da existência de mosquitos vetores -aedes aegypti -- naquela região", afirmou, esclarecendo contudo que esses mosquitos não estão infetados.

Segundo Francisco George, "não é a picada dos mosquitos que provoca a doença, é a picada dos mosquitos, desde que estejam infetados, mas os mosquitos da Madeira não estão infetados".

Ou seja, existem naquela região mosquitos da espécie aedes aegypti, mas não existem casos de zika, e a população daqueles mosquitos não tem crescido, o que indica que "as medidas tomadas têm sido as adequadas".

Essas medidas são a vigilância da população de mosquitos, através da captura dos mosquitos e dos seus ovos, e o combate ao próprio mosquito que tem sido continuado.

O diretor-geral da Saúde salientou contudo que esse combate passa pela participação ativa de todos os cidadãos, para que evitem a existência de "pequenos reservatórios" de águas paradas, como pratos, tigelas ou latas de conserva, que podem servir como depósito de ovos.

"Não é ao Estado que compete virar os pratos dos vasos onde se acumula água ao contrário", afirmou, lembrando que compete às famílias tomarem essas precauções em defesa da sua própria saúde.

Segundo os dados atualizados hoje no site da DGS, verificaram-se até ao momento em Portugal 17 casos importados de Zika.

A DGS sublinha que esta situação não eleva o nível de risco, uma vez que a doença só se transmite, em regra, por mosquitos de espécies que não estão identificadas em Portugal Continental.

Lusa

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • Rui Santos revela novos e-mails que envolvem o Benfica
    1:52
    Tempo Extra

    Tempo Extra

    3ª FEIRA 23:00

    No programa da SIC Notícias Tempo Extra, Rui Santos revelou esta terça-feira que o blogue de Hugo Gil, associado ao Benfica, partilhou informação privilegiada da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol) com várias figuras do clube da Luz.

  • Fredy Montero é reforço do Sporting

    Desporto

    O colombiano Fredy Montero está de regresso ao Sporting, anunciou o clube. O avançado de 30 anos já tinha vestido a camisola dos leões entre 2013 e 2015, antes de passar pelos chineses do Tianjin Teda e nos canadianos dos Vancouver Whitecaps.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, como já tinha sido divulgado, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31
  • Governo vai proibir refeições nos monumentos com estatuto de panteão
    0:53

    País

    O Governo vai acabar com as refeições no Panteão Nacional e em edifícios com estatuto semelhante, como os mosteiros dos Jerónimos e da Batalha. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo ministro da Cultura, no Parlamento. Luís Filipe Castro Mendes esclareceu que a decisão surge no âmbito da revisão do regulamento sobre os monumentos.