sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Brasil lança primeiro teste do vírus Zika que dá resultado em 20 minutos

A Secretaria de Saúde da Bahia apresentou hoje, em Salvador, o primeiro teste sorológico rápido do Brasil para deteção do vírus Zika, que dá o resultado em 20 minutos.

© Ina Fassbender / Reuters

A apresentação foi feita depois de o teste pioneiro, que substitui um procedimento que pode levar semanas, ter sido aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas, citado pela Agência Brasil, explicou que anteriormente o Zika era diagnosticado, em laboratório através do PRC [método que deteta a presença de carga genética do vírus], o que era demorado e muito caro.

A partir de agora, sublinhou, será possível "oferecer o diagnóstico em qualquer posto de saúde nos lugares mais distantes do país, e em apenas 20 minutos a população terá a resposta se tem ou teve Zika".

"Hoje existe uma quantidade de pessoas com sintomas que não têm o diagnóstico definitivo (...) A partir de agora, principalmente para as mulheres em idade gestacional, ter a informação se ela teve ou ainda não Zika é extremamente relevante para a decisão dela, em iniciar uma gestação", disse.

O teste sorológico rápido não identifica o vírus em si, mas a presença dos seus anticorpos, permitindo o diagnóstico em qualquer fase da doença.

O procedimento foi desenvolvido pela BahiaFarma, uma fundação ligada à secretaria de Saúde da Bahia, e por uma empresa coreana, ao longo dos últimos dez meses.

Com a autorização concedida pela Anvisa, o laboratório aguarda agora o pedido do Ministério da Saúde para iniciar o fabrico e a distribuição do teste por todo o país.

O Brasil, o país mais afetado pela atual epidemia de Zika, já registou mais milhão e meio de casos e mais de 1.400 bebés nasceram com microcefalia ou outras alterações do sistema nervoso potencialmente associados ao vírus.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.