sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

DGS alerta para grávidas não viajarem para o Brasil devido ao vírus Zika

A Direção-Geral da Saúde recomendou, a propósito do vírus Zika e dos Jogos Olímpicos, que decorrerão no Brasil, que as grávidas não devem viajar para este país e que, se os cônjuges o fizerem, devem depois usar preservativo

© Regis Duvignau / Reuters

Num comunicado do diretor-geral da Saúde, disponível no site do organismo, lê-se que, tendo em conta que os Jogos Olímpicos vão decorrer no Brasil, de 5 a 21 de agosto, e perante a epidemia de Zika que ocorre em vários países da América do Sul, os viajantes devem, e antes de viajarem, procurar aconselhamento em Consulta do Viajante.

Segundo Francisco George, que assina o comunicado, "as grávidas não devem viajar para o Brasil", mas no caso de tal não ser possível, "devem procurar aconselhamento em Consulta do Viajante ou junto do médico que acompanha a gravidez".

"Se o cônjuge viajar para o Brasil, uma vez de regresso, deve usar preservativo até ao final da gravidez", prossegue o comunicado.

São ainda recomendadas outras medidas de proteção individual, como uma especial atenção aos períodos do dia em que os mosquitos do género Aedes picam mais frequentemente (do nascer ao pôr do sol) e a aplicar de repelentes.

A proteção das crianças (carrinhos de bebé, berços) com redes mosquiteiras e a opção por um alojamento com ar condicionado ou, em alternativa, com utilização de redes mosquiteiras, mesmo durante o dia, são igualmente recomendados.

Segundo a DGS, "as pessoas com doenças crónicas graves ou imunocomprometidas devem obter aconselhamento médico antes da viagem para o Brasil".

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.