sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Brasil regista redução de 87% nas notificações de casos de zika

Os casos do vírus zika registados no Brasil caíram 87% entre fevereiro e maio deste ano, segundo dados apresentados hoje pelo ministro da Saúde brasileiro, Ricardo Barros, no Rio de Janeiro.

LM Otero

"O pico de maior incidência de notificações da doença foi registado na terceira semana de fevereiro, com 16.059 casos. Na primeira semana de maio, os registos caíram para 2.053", lê-se num comunicado da tutela.

De acordo com o Ministério da Saúde, este ano "o declínio de casos começou antes do previsto, uma vez que historicamente o pico das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti é em abril".

O município do Rio de Janeiro, por exemplo, teve o maior registo de casos na terceira semana de fevereiro (2.116) e, nas semanas seguintes, os dados caíram, chegando a 208 em maio, o que representa uma redução de 90%.

"De acordo com um estudo divulgado pela Universidade de Cambridge, a expectativa é de menos de um caso de infeção entre os 500 mil turistas que devem chegar para os Jogos Olímpicos", afirmou o ministro, em conferência de imprensa com os correspondentes estrangeiros.

Ricardo Barros reforçou que "o risco de zika é mínimo, principalmente pelas condições climáticas da época e pela mobilização no combate ao mosquito" no Rio de Janeiro.

Segundo o titular da pasta da Saúde, durante o Campeonato do Mundo de futebol, em 2014, as pessoas também tinham medo de vir ao país e apanhar doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, mas, durante o período, foram apenas registados três casos em turistas.

O governante adiantou que a cidade terá um reforço de 2,5 mil profissionais da área da saúde durante os Jogos Olímpicos, que decorrem entre 5 e 21 de agosto, e todos os atletas sob a responsabilidade do Comité Olímpico terão disponíveis repelentes, roupas específicas e os materiais necessários.

O vírus da zika está presente em 60 países, sendo o Brasil o país mais afetado pela atual epidemia.

Lusa

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.