sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Zika pode estar nos espermatozóides até seis meses após infeção

O vírus Zika, que pode estar no esperma até seis meses após a infeção, foi encontrado dentro dos espermatozóides pelos investigadores, o que levanta a questão da necessidade de rastreio às doações.

Numa carta publicada na revista especializada The Lancet Infectious Diseases, William Martin-Blondel (do Hospital de Toulouse) e os seus colegas confirmaram a existência de vírus no sémen num homem de 32 anos na Guiana com infeção de Zika.

O vírus Zika foi encontrado em amostras de sangue e de urina durante 37 dias, mas persistiu no esperma do paciente durante 141 dias.

"Nós detetamos a presença do vírus Zika em cerca de 3,5% dos espermatozoides do paciente", disse Martin-Blondel, investigador e especialista em doenças infeciosas e tropicais.

Em outros dois pacientes, o vírus do Zika persistiu 69 e 115 dias no sémen.

Lusa

  • Inspetores do SEF cansados das promessas do Governo
    1:00

    País

    O sindicato do SEF garante que a segurança contra o terrorismo vai ser assegurada na greve de quinta-feira e sexta-feira nos aeroportos. Acácio Pereira, do sindicato, diz que os inspetores são quase escravos e que estão fartos das promessas do Governo. A greve deverá afetar cerca de 30 mil pessoas.