sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

OMS teme propagação do vírus Zika na Ásia-Pacífico

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considerou esta segunda-feira "altamente provável" uma propagação do vírus Zika na Ásia-Pacífico, quando centenas de casos foram assinalados em Singapura e se confirmaram dois casos de bebés com microcefalia na Tailândia.

O vírus já foi assinalado em 73 países e pelo menos 19 pertencem à região Ásia-Pacífico, disse Li Ailan, diretor regional para a Segurança da Saúde e Emergências da OMS.

Um relatório da OMS divulgado durante a reunião regional anual em Manila considerou ser "altamente provável" que o vírus "se propague ainda mais na região" que inclui a China, o Japão, a Austrália, os países do sudeste da Ásia e as ilhas do Pacífico.

A diretora da OMS, Margaret Chan, indicou que os dirigentes da região exprimiram os seus receios acerca da epidemia, adiantando que os especialistas estão a tentar encontrar modos de a controlar.

"Infelizmente, os cientistas ainda não têm respostas para muitas das questões essenciais", disse ainda.

Mais de 400 casos de Zika foram registados em Singapura e menos de 20 nas Filipinas, no Vietname e na Malásia, precisou Chan.

Segundo o último balanço da OMS, 73 países foram afetados pelo vírus desde 2015, maioritariamente na América Latina e nas Caraíbas, 21 dos quais registam casos de microcefalia que poderão estar ligados ao Zika.

O vírus transmite-se pela picada do mosquito 'Aedes aegypti', mas também por via sexual. Se uma grávida for infetada pelo Zika, corre um maior risco de ter um bebé com uma malformação do cérebro, conhecida como microcefalia.

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.