sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Vacina experimental contra o Zika gera imunidade rápida em ratos e macacos

© Mike Segar / Reuters

Uma nova vacina experimental contra o vírus Zika induziu uma resposta imunitária rápida e duradoura, com uma só dose, em ratos e macacos, revela um estudo publicado esta quinta-feira na revista Nature.

Segundo um dos coordenadores do estudo, Drew Weissman, investigador e professor na Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, a vacina "induz um nível de neutralização do vírus cerca de 25 vezes maior, após uma única dose, do que se vê em vacinas padrão", que usam vírus vivos.

Apesar dos resultados promissores, serão necessários mais testes para aferir os efeitos em grávidas e fetos.

Os investigadores pretendem avançar com ensaios clínicos dentro de um ano a ano e meio, adianta a universidade numa nota de imprensa.

A vacina foi criada a partir de um 'mensageiro' modificado para o ácido ribonucleico, que codifica duas proteínas diferentes de uma estirpe do vírus Zika isolada num surto em 2013.

Uma baixa dose de vacina foi injetada em ratos e macacos, que desenvolveram em duas semanas anticorpos contra o vírus.

A imunidade manteve-se quando os animais foram infetados com o vírus. Os ratos e os macacos ficaram protegidos, respetivamente, cinco meses e cinco semanas após a vacinação.

De acordo com os cientistas, a proteção conferida pela vacina deve-se em grande parte à forte estimulação que provoca sobre as chamadas células T auxilaires CD4, que coordenam a imunidade.

Para os investigadores, a vacina apresenta várias possíveis vantagens sobre outras vacinas experimentais: é fácil de administrar e basta apenas uma dose, em pouca quantidade, para dar uma imunidade duradoura a modelos animais, sem causar efeitos secundários.

O vírus Zika, que circula em vários países da América Latina, de África e Ásia e se transmite através da picada de um mosquito, pode causar microcefalia (redução do tamanho da cabeça) nos fetos.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.