sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Peça de avião descoberta na ilha de Reunião enviada para Toulousse para peritagem

Chegou a Paris o fragmento de asa de avião descoberto na ilha de Reunião. Vai agora ser anlisado para apurar se corresponde ao Boeing 777 do voo MH370 da Malaysian Airlines.

O avião que transportava a peça chegou ao aeroporto de Orly, em Paris às 06:20, 05:20 em Lisboa, e foi transferido para Toulouse.

É lá que vai ser examinado o fragmento, num laboratório do Ministério da Defesa francês, especializado em investigações técnicas sobre acidentes de aviões.

A peritagem deve começar na quarta-feira. Entretanto a Boeing anunciou hoje que vai enviar uma equipa para ajudar no processo.

A peça com cerca de dois metros foi encontrada numa praia da costa da ilha de reunião e um porta voz do governo da malásia confirmou que o número inscrito no destroço confirma que a peça pertence a um boineg 777.

O avião das linhas aéreas da malásia desapareceu com 239 pessoas a bordo durante a noite de 8 de março, quando seguia de Kuala Lumpur para Pequim.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.