sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Famílias dos passageiros do MH370 rejeitam conclusão da Malásia sobre destroços do avião

Um grupo de familiares do voo MH370 disse hoje rejeitar a declaração do governo da Malásia de que os destroços encontrados numa ilha do oceano Índico pertencem ao avião desaparecido até que seja feita uma análise mais "conclusiva".

Reuters

O grupo Voice 370 também reiterou as suas suspeitas quanto à forma como o governo malaio tratou do desaparecimento do avião desde o ano passado e pediu uma análise realizada por autoridades imparciais aos destroços do aparelho.

O avião desapareceu sobre o Oceano Índico a 08 de março de 2014, 40 minutos depois de descolar de Kuala Lumpur com destino a Pequim, com 239 pessoas a bordo, a maioria de nacionalidade chinesa.

Na semana passada, o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, pôs termo aos 17 meses de espera por provas materiais do avião ao anunciar que uma equipa de peritos internacionais confirmou que a parte de asa encontrada na ilha de Reunião pertencia ao Boeing 777 acidentado.

Em Pequim, familiares de vítimas do acidente manifestaram desconfiança e irritação com o anúncio feito pela Malásia e juntaram-se frente aos escritórios da Malaysia Airlines na capital chinesa para pedir explicações.

"Uma semana depois, outros peritos não concordam com a declaração da Malásia", afirmou o Voice 370 em comunicado.

"Escusado será dizer que a maioria das famílias recusa aceitar o veredito da Malásia e que ainda aguarda uma análise mais definitiva e conclusiva", acrescentou.

O comunicado do Voice 370 refere que as famílias "estão apreensivas com o tratamento dado ao incidente pelas autoridades da Malásia desde o primeiro dia".

"Isto levou as famílias a terem dúvidas sobre os seus conhecimentos, capacidades e intenções", adiantou.

As autoridades francesas não foram tão longe como Najib a confirmar que a peça pertence à asa do avião, dizendo apenas que "havia uma probabilidade elevada".

"Nós, as famílias daqueles que estavam a bordo do MH370 gostaríamos de apelar a que todos os destroços sejam analisados num local reputado e com pessoal e equipamentos adequados, incluindo o governo francês ou autoridades" de outras nações mais avançadas, disse o Voice 370.

Lusa

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Prioridades para a CGD: cortar custos e aumentar receitas
    2:16

    Caso CGD

    O principal objetivo do plano estratégico para a Caixa Geral de Depósitos, a que a SIC teve acesso, é cortar custos e aumentar receitas. A grande aposta da nova administração passa por apertar as regras para emprestar dinheiro e, por outro lado, recuperar o crédito que não está a ser pago.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.