sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Buscas do avião da Malaysia Airlines são suspensas na segunda-feira

As buscas do Boeing-777, da Malaysia Airlines, desaparecido em março de 2014, vão ser suspensas na segunda-feira, disse esta sexta-feira em Sainte-Marie o representante do governo francês na ilha de Reunião, Dominique Sorain, citado pela agência France Presse (AFP).

As buscas, que começaram na sexta-feira passada, cobriram perto de 10.000 quilómetros quadrados de oceano.

As buscas, que começaram na sexta-feira passada, cobriram perto de 10.000 quilómetros quadrados de oceano.

© Jacky Naegelen / Reuters

Dominique Sorain acrescentou que além de um fragmento de asa que "provavelmente" pertence ao aparelho que efetuava o voo MH370, não foi encontrado na ilha da Reunião mais nenhum destroço de avião, pelo que se nenhum objeto de importância for encontrado até segunda-feira, as operações de busca terrestre e aérea serão suspensas.

"Nenhum objeto que poderia pertencer a um avião foi encontrado no mar", declarou hoje aquele responsável, que reconheceu ter sido recolhida "uma certa quantidade de destroços".

Os destroços foram entregues a investigadores, mas não há nada com as dimensões do fragmento de asa de um Boeing-777 que foi encontrado na ilha em julho, e que as autoridades declararam pertencer ao aparelho que efetuava o voo MH370.

As buscas, que começaram na sexta-feira passada, cobriram perto de 10.000 quilómetros quadrados de oceano.

A polícia passou mais de 200 horas à procura de destroços, precisou o representante francês, que não revelou o custo das operações.

A pequena ilha do Oceano Índico, um departamento ultramarino de França, tem recebido a atenção dos meios de comunicação internacionais desde que que foi encontrado o fragmento da asa.

A 5 de agosto, o primeiro-ministro da Malásia declarou que especialistas "confirmaram de forma conclusiva" que o destroço pertence ao avião que desapareceu misteriosamente a 08 de março de 2014, mas investigadores franceses foram, no entanto, mais cautelosos, afirmando apenas haver uma "probabilidade muito grande" de que a peça seja do avião.

A diferença de linguagem entre especialistas desencadeou reações furiosas dos familiares das vítimas.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.