sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Peritos acreditam que ainda pode haver destroços do MH370 no Índico

Uma empresa norte-americana especialista em buscas submarinas pediu uma análise a uma zona do Oceano Índico onde poderiam encontrar-se destroços do voo MH370 da Malaysia Airlines desaparecido em março de 2014, escreve hoje a imprensa local.

(Reuters/ Arquivo)

Os especialistas da Williamson and Associates examinaram imagens de setembro e consideram que objetos identificados como pedras podem tratar-se de restos do avião desaparecido em março de 2014, que fazia o voo MH370, segundo o jornal The Australian.

"Estes objetos têm as características de partes metálicas de fabrico humano, com superfícies circulares e com uma maior firmeza do que pedras dispersas", diz a empresa.

Estes objetos encontram-se a quatro quilómetros de profundidade, sobre o piso oceânico.

Representantes da Williamson, empresa que perdeu o concurso lançado pelo Governo australiano para as buscas pelo MH370, declararam ao jornal que os objetos detetados podem indicar "uma provável zona de destroços de um avião".

O avião da Malaysia Airlines desapareceu a 14 de março de 2014, quando fazia a rota entre Kuala Lumpur e Pequim.

Lusa

  • Eduardo Cabrita nomeado ministro da Administração Interna

    País

    O primeiro-ministro propôs esta quarta-feira ao Presidente da República a nomeação de Eduardo Cabrita para o cargo de ministro da Administração Interna e de Pedro Siza Vieira para ministro Adjunto do primeiro-ministro. A tomada de posse realiza-se no sábado às 09:00.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08