sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Peritos acreditam que ainda pode haver destroços do MH370 no Índico

Uma empresa norte-americana especialista em buscas submarinas pediu uma análise a uma zona do Oceano Índico onde poderiam encontrar-se destroços do voo MH370 da Malaysia Airlines desaparecido em março de 2014, escreve hoje a imprensa local.

(Reuters/ Arquivo)

Os especialistas da Williamson and Associates examinaram imagens de setembro e consideram que objetos identificados como pedras podem tratar-se de restos do avião desaparecido em março de 2014, que fazia o voo MH370, segundo o jornal The Australian.

"Estes objetos têm as características de partes metálicas de fabrico humano, com superfícies circulares e com uma maior firmeza do que pedras dispersas", diz a empresa.

Estes objetos encontram-se a quatro quilómetros de profundidade, sobre o piso oceânico.

Representantes da Williamson, empresa que perdeu o concurso lançado pelo Governo australiano para as buscas pelo MH370, declararam ao jornal que os objetos detetados podem indicar "uma provável zona de destroços de um avião".

O avião da Malaysia Airlines desapareceu a 14 de março de 2014, quando fazia a rota entre Kuala Lumpur e Pequim.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.