sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Peritos acreditam que ainda pode haver destroços do MH370 no Índico

Uma empresa norte-americana especialista em buscas submarinas pediu uma análise a uma zona do Oceano Índico onde poderiam encontrar-se destroços do voo MH370 da Malaysia Airlines desaparecido em março de 2014, escreve hoje a imprensa local.

(Reuters/ Arquivo)

Os especialistas da Williamson and Associates examinaram imagens de setembro e consideram que objetos identificados como pedras podem tratar-se de restos do avião desaparecido em março de 2014, que fazia o voo MH370, segundo o jornal The Australian.

"Estes objetos têm as características de partes metálicas de fabrico humano, com superfícies circulares e com uma maior firmeza do que pedras dispersas", diz a empresa.

Estes objetos encontram-se a quatro quilómetros de profundidade, sobre o piso oceânico.

Representantes da Williamson, empresa que perdeu o concurso lançado pelo Governo australiano para as buscas pelo MH370, declararam ao jornal que os objetos detetados podem indicar "uma provável zona de destroços de um avião".

O avião da Malaysia Airlines desapareceu a 14 de março de 2014, quando fazia a rota entre Kuala Lumpur e Pequim.

Lusa

  • Obama acredita que Guterres será um bom líder da ONU
    0:53

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar de perto com os Estados Unidos na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido esta sexta-feira por Barack Obama, na Casa Branca, onde foi elogiado pelo ainda Presidente.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.