sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Buscas por avião da Malaysia Airlines poderão terminar

As buscas pelo avião com código de voo MH370 não vão ser alargadas se a atual operação no Oceano Índico não der resultados, informaram hoje fontes oficiais, a poucas semanas do segundo aniversário do desaparecimento do aparelho.

reuters

A operação, liderada pela Austrália e em que também participam a Malásia e a China, procura os destroços do avião da Malaysia Airlines que desapareceu a 08 de março de 2014, com 239 pessoas a bordo, quando fazia a rota entre Kuala Lumpur e Pequim, num perímetro de 120 mil quilómetros quadrados no Índico.

Até ao momento, foi rastreada uma área de 85 mil quilómetros quadrados do leito marinho, informou em comunicado a Autoridade Australiana de Segurança dos Transportes (ATSB, na sigla em inglês), que prevê terminar as buscas em meados deste ano.

"Na ausência de nova informação credível que leve a identificar a localização do avião, os governos acordaram que não haverá qualquer nova expansão da zona de buscas", refere a mesma nota.

Quatro embarcações participam no rastreio da remota zona marítima, situada a cerca de 1.700 quilómetros da costa oeste australiana.

Dois dos barcos -- o Fugro Equator e o Havila Harmony -- encontram-se na zona à espera de poder retomar, nas próximas 24 horas, a inspeção do fundo marinho, que foi suspensa devido às más condições meteorológicas, indicou a ATSB.

Outra embarcação -- o Fugro Discovery -- chegou na terça-feira ao porto de Fremantle, em Perth, para reparar o cabo e o sensor hidrodinâmico que perdeu, no mês passado, depois de colidir com um vulcão submarino.

Em Fremantle também se encontra o barco chinês Dong Hai Jiu 101, que prevê zarpar na quinta-feira para o perímetro das buscas.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.