sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Destroços de Boeing 777 em Moçambique podem pertencer ao voo MH370

Destroços de um Boeing 777 deram à costa em Moçambique este fim de semana. Segundo avança a CNN, há fortes hipóteses de pertencerem ao voo MH370 da Malaysia Airlines, que desapareceu sobre o Índico em março de 2014 com 239 pessoas a bordo.

REUTERS

A peça encontrada é um estabilizador horizontal e está a caminho da Indonésia para ser examinada, disse um responsável norte-americano à CNN.

Uma outra fonte da aviação afirmou que não há outro Boeing 777 desaparecido além do MH370 da Malaysia Airlines.

No entanto, a companhia malaia diz que ainda é tudo "especulação".

O mistério do que aconteceu ao voo a 8 de março de 2014 mantém-se. Durante as buscas têm sido encontrados destroços mas nenhum provou ser do MH370.

Em setembro de 2015, investigadores franceses confirmaram que destroços de avião encontrados em julho na ilha da Reunião pertenciam ao avião desaparecido. Pelo contrário, peças encontradas em janeiro na Tailândia não pertenciam.

  • Barco naufraga no Brasil, pelo menos sete mortos

    Mundo

    Uma embarcação com cerca de 70 pessoas a bordo naufragou na terça-feira no rio Xingú, no estado brasileiro do Pará. Pelo menos 25 pessoas foram resgatadas com vida, há sete mortos confirmados.

    Em atualização

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13
  • Criança irrequieta domina noticiário britânico
    1:19