sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Fragmento de avião do voo MH370 encontrado em Moçambique vai ser analisado

Um destroço de avião encontrado por um jovem turista sul-africano vai ser analisado para determinar se pertence ao Boeing 777 da Malaysia Airlines, que fazia o voo MH370 e que desapareceu em 2014, anunciaram hoje as autoridades aéreas sul-africanas.

Liam Lotter, o adolescente que encontrou o fragmento do aparelho, explicou aos media locais que encontrou uma peça de metal com um metro de cumprimento na praia quando estava de férias em dezembro em Moçambique, e levou-a para sua casa.

A família do adolescente informou as autoridades ao tomar conhecimento que um outro fragmento foi encontrado nas costas moçambicanas e enviado para a Malásia onde será analisado.

"A Autoridade sul-africana da aviação civil organizou a recolha da peça, que será de seguida enviada para a Austrália, o país designado pela Malásia para identificar os objetos encontrados", declarou em comunicado o porta-voz da aviação civil, Kabelo Ledwaba.

De momento, o fragmento de uma asa encontrado em julho na ilha francesa da Reunião, no oceano Índico, e que segundo as autoridades malaias e a justiça francesa pertencem ao Boeing 777 da Malaysia Airlines, constitui a única prova que o avisão se despenhou.

Mas este elemento não forneceu qualquer resposta às circunstâncias do desaparecimento.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines volatilizou-se em 08 de março de 2014 após a sua descolagem em Kuala Lumpur com destino a Pequim, com 239 pessoas a bordo.

A equipa de peritos internacionais dirigida pela Malásia para trabalhar neste caso indicou no seu relatório provisório anual, no segundo aniversário do desaparecimento do aparelho, que os factos ocorridos permaneciam um mistério.

Numerosos familiares das vítimas têm acusado a companhia aérea e o Governo malaio de ocultarem informações sobre este drama e de abordarem o tema sem a necessária discrição.

Lusa

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois do tribunal ter desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17
  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31