sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Fragmento de avião encontrado em Moçambique é "quase certamente do MH370"

Os destroços de uma avião encontrados em Moçambique são "quase certamente do MH370", disse hoje o ministro dos Transportes da Austrália, após análises aos fragmentos feitas por especialistas que investigam o desaparecimento do voo da Malaysia Airlines.

© Andrew Winning / Reuters

"As análises concluíram que os destroços são quase certamente do MH370", disse Darren Chester, em comunicado, acrescentando que a equipa de investigação ao voo da Malaysia Airlines concluiu que os fragmentos correspondem a painéis de um Boeing 777 da companhia malaia.

"Que tais destroços tenham sido encontrados na costa leste de África é consistente com os modelos de correntes elaborados pelo CSIRO [órgão nacional de ciência] e reforça os nossos trabalhos de busca no sul do Oceano Índico", afirmou.

A Austrália está a liderar as buscas pelo MH370 no Oceano Índico, para onde se acredita que o voo Kuala Lumpur-Pequim se tenha desviado quando desapareceu, a 08 de março de 2014, com 239 passageiros e tripulação a bordo.

As buscas devem terminar entre junho e julho se o avião não for encontrado na zona em questão, com uma área de 120 mil quilómetros quadrados.

"A busca pelo MH370 continua", assegurou Chester.

"Há 25 mil quilómetros quadrados de área subaquática que ainda têm de ser investigados. Estamos focados em terminar esta tarefa e estamos otimistas que o avião será encontrado", acrescentou.

Até agora ainda não se descobriu onde o avião caiu e apenas parte de uma asa do Boeing 777 foi recuperada de uma praia no Oceano Índico, na Ilha da Reunião, tendo sido definitivamente ligada ao MH370.

Especialistas, incluindo da Austrália e da Boeing, têm examinado, juntamente com uma equipa malaia, os dois pedaços encontrados no início do mês em Moçambique.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.