sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Destroços do voo MH370 estarão a norte da área investigada

Os destroços do voo MH370 da Malaysia Airlines desaparecido em 2014 podem estar afinal a norte da região do Oceano Índico que foi alvo de investigação, afirmam cientistas australianos citados pela imprensa local.

A agência de ciência australiana CSIRO escreve, num relatório sobre o caso, que os restos do avião desaparecido com 239 pessoas a bordo estarão espalhados numa área de 25 mil quilómetros quadrados a norte da área investigada inicialmente.

As autoridades da Malásia, da Austrália e da China tinham anunciado em 17 de janeiro deste ano que as buscas se davam por concluídas, sem sucesso, depois de investigarem 120 mil quilómetros quadrados do fundo do mar.

Entretanto, os cientistas lançaram uma asa de um Boeing 777 semelhante à do voo MH370 ao mar, para poderem calcular empiricamente as correntes marítimas daquela área.

O ministro dos Transportes australiano, Darren Chester, saudou o trabalho dos cientistas, mas admitiu que até agora ninguém assegurou a localização específica do avião do voo MH370.

"O relatório do CSIRO foi entregue à Malásia para sua consideração na investigação do desaparecimento do MH370", disse o ministro, recordando que a Malásia lidera a investigação sobre o desaparecimento da aeronave e deve pedir uma nova busca.

O Boeing 777 do voo MH370 desapareceu dos radares dia 08 de março de 2014, cerca de 40 minutos após descolar em Kuala Lumpur com destino a Pequim e depois de alguém ter desligado os sistemas de comunicação e 'virado' o aparelho, segundo a investigação oficial.

Até agora, recuperaram-se pedaços do avião nas praias da ilha da Reunião francesa, nas praias de Moçambique, Maurícias, África do Sul e da ilha Pemba na Tanzânia.

Estes pedaços terão sido arrastados pelas correntes do Oceano Índico, o que é consistente com a hipótese oficial do acidente.

Estavam a bordo do avião 154 chineses, 50 malaios incluídos os 12 tripulantes, sete indonésios, sete australianos, cinco indianos, quatro franceses, três americanos, dois neozelandeses, dois ucranianos, dois canadianos, dois iranianos, um russo e um holandês.

Na busca, que começou logo após o avião desaparecer, em março de 2014, e terminou em janeiro passado, as autoridades gastaram mais de 125 milhões de euros (135 milhões de dólares).

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC