Web Summit

Horta Osório entre os primeiros nomes anunciados para a 2.ª edição da Web Summit

© Stefan Wermuth / Reuters

António Horta Osório, presidente do Lloyds Bank, a comissária europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager, e os responsáveis máximos da Intel e Expedia são alguns dos 200 primeiros nomes anunciados esta segunda-feira para a 2.ª edição da Web Summit, em Lisboa.

Antigo presidente executivo do Santander, o banqueiro português que dirige o Lloyds Bank vai discursar na conferência de tecnologia e inovação sobre a mudança do setor financeiro e como este tem modernizado a indústria.

Para o evento que decorrerá entre 6 e 9 de novembro, a organização anunciou também a presença da comissária Vestager para analisar, nomeadamente, as políticas públicas que afetam o setor tecnológico.

Confirmados estão os nomes de Brian Krzanich, presidente executivo (CEO) da Intel, a maior tecnológica a nível mundial desde 2013, e de Dara Khosrowshahi, CEO da empresa Expedia, que opera em 70 países no setor do Turismo com marcas como a Expedia, Hotels.com e Trivago.

Outras presenças confirmadas são de Jean-Bernard Lévy, CEO da EDF Energy, Gillian Tans, presidente e CEO da Booking.com.Citado em comunicado, Paddy Cosgrave, CEO da Web Summit, manifestou a sua satisfação pelo anúncio dos primeiros 200 oradores. "Mais nomes serão anunciados nos próximos meses, sendo que alguns dos grandes CEO da tecnologia e titãs do mundo empresarial irão estar nos nossos palcos", garantiu.

Fundada em 2010 por Paddy Cosgrave e os cofundadores Daire Hickey e David Kelly, a Web Summit é um dos maiores eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo e evoluiu em menos de seis anos de uma equipa de apenas três pessoas para uma empresa com mais de 150 colaboradores.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia que volta a decorrer este ano na capital portuguesa, depois de ter atraído na edição anterior a Lisboa cerca de 53.000 participantes, de 166 países, incluindo 15.000 empresas, 7.000 presidentes executivos e 700 investidores.

A cimeira tecnológica, que nasceu em 2010 na Irlanda, vai manter-se em Lisboa até 2020 e poderá ficar por mais dois anos.

Lusa

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.