sicnot

Perfil

Web Summit

Web Summit

Web Summit

Transportes de Lisboa garantem que todas as máquinas terão bilhetes na Web Summit

A venda automática de cartões Viva Viagem só estará normalizada no final do ano, disse o presidente da Transportes de Lisboa, mas garantiu que durante a Web Summit todas as máquinas de venda de bilhetes estarão a funcionar.

"Estamos a gerir os cartões para garantir que, em dias como o de hoje, de jogo no estádio do Sporting, haja bilhetes nas máquinas todas, ou na Web Summit de que todas as máquinas estarão a funcionar", afirmou hoje Tiago Farias, quando questionado sobre a rutura de stock dos rolos utilizados nas máquinas venda automática dos cartões Viva Viagem.

Em declarações aos jornalistas, o presidente da Transportes de Lisboa garantiu que "não tem havido falhas nem haverá nos grandes eventos como a Web Summit", referindo que, por exemplo, no aeroporto de Lisboa as nove máquinas estarão operacionais.

Tiago Farias adiantou que "não houve rutura", mas antes foi tomada "uma opção de gestão dos cartões até perceber como respondia o fornecedor", o que levou a implementar um plano para venda manual dos bilhetes nos quiosques.

Entretanto, a Transportes de Lisboa adjudicou aos fornecedores uma nova tecnologia de leitura de bilhetes para que o sistema "leia outro tipo de cartões".

"Não queríamos correr o risco de estarmos dependentes de apenas um fornecedor", acrescentou.

O Viva Viagem é um cartão que pode ser adquirido pelos clientes pontuais na rede de transportes que liga toda a Área Metropolitana de Lisboa, nomeadamente CP - Comboios de Portugal, Fertagus, Metro de Lisboa, Transtejo e Soflusa, e pode ser reutilizado, através de carregamentos.

A OTLIS, empresa que gere o sistema dos cartões Viva Viagem atribuiu ao seu fornecedor os atrasos no fornecimento destes bilhetes recarregáveis utilizados pelos operadores de transporte na Área Metropolitana de Lisboa.

O presidente do Metropolitano de Lisboa já tinha anunciado a 15 de setembro que iriam ser reabertos os postos de venda em todas as estações, depois de ter acabado o 'stock' dos rolos de bilhetes em algumas máquinas de venda automática daqueles títulos de transporte.

Segundo Tiago Farias, na altura cerca de 100 das 280 máquinas existentes nas estações já não tinham cartões.

Durante a Web Summit, que decorre em Lisboa de 8 a 10 de novembro, são esperados mais de 50 mil participantes de mais de 150 países, mais de 20 mil empresas, 7 mil presidentes executivos e 2 mil jornalistas.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.