sicnot

Perfil

Web Summit

Web Summit

Web Summit 2016

Ida à Lua é um bom negócio

A ida à Lua não é simplesmente uma viagem, é um bom negócio, defendeu hoje, em Lisboa, o empresário Naveen Jain, presidente da Moon Express, primeira companhia privada com 'passaporte' para o satélite terrestre.

"Ir à Lua não é simplesmente ir à Lua, é um bom negócio", afirmou, perante uma plateia de milhares de pessoas, numa conferência na Web Summit 2016, uma feira internacional de tecnologia, empreendedorismo e inovação, que decorre até quinta-feira, no Parque das Nações.

Para Naveen Jain, cofundador da Moon Express, a Lua tem "recursos inacreditáveis" a explorar.

A empresa propõe-se lançar, em 2017, uma missão à Lua, onde pretende aterrar um veículo robótico. Quer estudar elementos raros, metais, da superfície lunar e, em 2020, recolher amostras de solo e enviá-las para Terra.

Para a Moon Express, a Lua vai ter, dentro de 15 anos, um "papel importante na economia" da Terra e será potencialmente a "segunda casa" dos humanos.

Naveen Jain crê que, nesse prazo, as pessoas irão poder viajar até à Lua, com custos menores, aprender a viver nela e estabelecer colónias. Afinal, lembrou, o satélite natural da Terra está a três dias de viagem.

O astronauta norte-americano Mike Massimino, que participou na mesma conferência, acredita que, no futuro, as viagens espaciais, sejam de turismo ou de investigação, serão "mais acessíveis".

Acredita também que há vida para lá da Terra, e que os humanos vão "viver perfeitamente" com os extraterrestres. Porquê ir ao espaço? Respondeu: para aumentar o conhecimento sobre o Universo.

Lusa

  • Será este o "momento mais Ronaldo" de sempre?

    Desporto

    Cristiano Ronaldo é protagonista de mais um momento que corre nas redes sociais. Depois de marcar o sexto golo do Real Madrid frente ao Desportivo da Corunha, o jogador português ficou ferido no rosto e foi obrigado a abandonar o campo. Mas antes, mesmo com a cara ensanguentada, pediu um telemóvel com "espelho" para ver a extensão do corte. Há quem brinque com a situação, dizendo que Ronaldo levou a sua obsessão com a sua imagem a um novo nível, mas há também quem desvalorize a situação.

    SIC

  • Democratas aceitam compromisso para acabar com shutdown nos EUA

    Mundo

    Os senadores democratas aceitaram esta segunda-feira um acordo orçamental provisório que vai permitir acabar com a paralisação parcial do Governo federal dos Estados Unidos, situação conhecida como shutdown, anunciou o líder da minoria democrata no Senado, Chuck Schumer.

  • O jogador de futebol que se tornou Presidente de um país

    Mundo

    George Weah tomou posse esta segunda-feira como Presidente da Libéria. Foi a segunda vez que o antigo futebolista concorreu ao cargo, depois de em 2005 ser derrotado pela candidata Ellen Johnson-Sirleaf. Foi o primeiro e único futebolista africano a receber uma Bola de Ouro. A história de George Weah também passou por Portugal, onde ficou conhecido pela agressão ao ex-jogador do FC Porto, Jorge Costa, em 1996.

    Ana Rute Carvalho

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC