sicnot

Perfil

FB Instant Articles

Marcelo expressa "confiança absoluta" na Força Aérea

O Presidente da República visitou hoje a Base Aérea do Montijo, uma semana depois do acidente com um C-130 ali ocorrido que vitimou três militares, para expressar "confiança absoluta" na Força Aérea e neste tipo de aeronave.

TIAGO PETINGA

Marcelo Rebelo de Sousa esteve duas horas na Base Aérea n.º 6 da Força Aérea, acompanhado pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, voou durante perto de uma hora num C-130 e adiantou que pretende fazê-lo novamente numa próxima deslocação oficial às regiões autónomas.

No final da visita, questionado pelos jornalistas se já falou com o Governo sobre a eventual compra de aeronaves KC-130, tendo em conta que a Força Aérea tem agora dois C-130 operacionais e dois em manutenção, o Presidente da República respondeu: "Essa é uma questão que se colocará a seguir, não no dia de hoje, mas que certamente está no pensamento dos responsáveis".

Interrogado se tinha ficado a saber o que esteve na origem do acidente da semana passada, o chefe de Estado e comandante supremo das Forças Armadas respondeu ainda "está a correr a tramitação do processo" e que "é cedo" para tirar conclusões.

"Consegui perceber uma coisa muito importante, que é a preocupação da Força Aérea de olhar para as famílias das vítimas e estudar a sua situação e prover à sua situação", salientou.

Durante esta visita, que considerou "ao mesmo tempo emocionante e motivadora", Marcelo Rebelo de Sousa lembrou e homenageou os militares que morreram no acidente da semana passada, mas deixou uma mensagem para o futuro.

"Porque a vida continua, o C-130 continua a voar, os operacionais continuam operacionais, a Força Aérea continua a cumprir a sua missão e o comandante supremo das Forças Armadas veio aqui dizer que está ao lado dessa missão com confiança absoluta", afirmou.

Marcelo Rebelo de Sousa frisou que "o comandante supremo (das Forças Armadas) tem confiança na Força Aérea, tem confiança nesta unidade, tem confiança nos operacionais desta unidade, tem confiança nos C-130".

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.