sicnot

Perfil

New Articles

Paulo Portas reafirma que a situação portuguesa é diferente da grega

Paulo Portas reafirma que a situação portuguesa é diferente da grega

O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, disse hoje que a situação de Portugal não tem semelhanças com a grega e escusou-se a comentar o referendo que acontece este domingo em dia de reflexão na Grécia.

Em visita a uma feira de produtos portugueses em Bruxelas, capital da Bélgica, o também líder do CDS-PP não quis referir-se à consulta popular na Grécia, em que os eleitores vão votar sobre se aceitam as condições impostas pelos credores para ser dada ajuda financeira ao país, afirmando que não faz comentários sobre "um referendo que se passa noutro país e está em dia de reflexão", mas fez questão de sublinhar que considera que a situação de Portugal e da Grécia são distintas.

"Portugal já terminou o programa com a 'troika', Portugal não teve programa cautelar, não pediu mais dinheiro, não pediu mais tempo. O país vai ter um défice inferior a 3%, pela primeira vez ficará livre de sanções ou ameaças, vai ter acesso a flexibilidade, temos o investimento a disparar, as exportações a crescer, a economia a melhorar e a criação de emprego finalmente a dar resultados positivos. Nada disto repito, com todo o respeito, tem a ver com a situação na Grécia", afirmou Paulo Portas em declarações aos jornalistas.

 

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.