sicnot

Perfil

New Articles

Grécia sem tempo para festejar

Grécia sem tempo para festejar

O enviado especial da SIC, Anselmo Crespo, está a acompanhar as comemorações da vitória do "Não" na Grécia. Comemorações que terão de ser curtas devido ás negociações com os credores.

O porta-voz do governo grego, Gavrill Sakelaridis, afirmou hoje que o executivo espera retomar as negociações com os credores para chegar "imediatamente" a um acordo, depois de as primeiras sondagens apontarem para uma vitória do "não" no referendo.

"As negociações que vão começar têm de ser concluídas imediatamente, inclusive no prazo das próximas 48 horas", disse Sakelaridis à cadeia de televisão privada ANT1.

O porta-voz disse também que o Banco da Grécia vai pedir hoje mesmo ao Banco Central Europeu (BCE) liquidez adicional para a banca grega através do mecanismo de empréstimos de emergência (ELA, Emergency Liquidity Assistance).

"Amanhã (segunda-feira) o conselho de governo do BCE reúne-se. Há argumentos válidos a favor de um maior financiamento do ELA", disse.

O BCE suspendeu no domingo passado o financiamento da banca grega através de empréstimos do ELA, o que levou o Governo grego a impor controlos de capitais.

Por outro lado, o principal partido da oposição grega, a Nova Democracia, pediu ao governo do primeiro-ministro Alexis Tsipras que faça todos os possíveis para que a Grécia volte à normalidade quanto antes.

As primeiras sondagens divulgadas pelas televisões gregas apontam para uma vitória do "não" no referendo de hoje sobre as medidas de austeridade propostas pelos credores internacionais em troca de ajuda financeira à Grécia.

 

 

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".

  • O regresso a casa depois do incêndio no Sardoal
    2:43
  • Cerca de 20 mil portugueses vivem em Barcelona
    1:44