sicnot

Perfil

New Articles

Cheias no Japão já mataram três pessoas e inundaram milhares de casas

Cheias no Japão já mataram três pessoas e inundaram milhares de casas

As intensas cheias que atingiram o Japão já causaram a morte de três pessoas e deixaram dezenas desaparecidas, informaram hoje as autoridades, quando milhares de profissionais foram destacados para ajudar no resgate de residentes.

As chuvas mais fortes em décadas continuam a cair no país, ameaçando piorar as condições atmosféricas causadas pelo tufão Etau, que chegou ao Japão no início da semana.

Pelo menos 25 pessoas, incluindo duas crianças de oito anos, estão desaparecidas na cidade de Joso, a cerca de 60 quilómetros de Tóquio, segundo a emissora pública NHK, que cita as autoridades locais,

As cheias causaram deslizamentos de terras e transbordo dos rios, incluindo do Kinugawa.

Quando o dique do Kinugawa cedeu em Joso, de 65.000 habitantes, uma área de 32 quilómetros quadrados ficou inundada, incluindo 6.500 casas.

Imagens aéreas mostram casas a serem arrastadas pela corrente e residentes de Joso a acenarem com toalhas para pedir ajuda, enquanto embarcações do exército tentam resgatar a população e helicópteros retiram pessoas dos telhados.

"Foi a primeira vez que vi um dique rebentar no rio Kinugawa", disse à AFP um residente idoso.

O porta-voz do Governo Yoshihide Suga disse que cerca de 5.8000 tropas, polícia e bombeiros tinham sido hoje enviados para as áreas inundadas.

Com Lusa

  • O mais sério aviso de Marcelo Rebelo de Sousa ao Governo
    3:15
  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • O sorriso de Jorge Jesus quando soube que o símbolo da Juventus mudou
    1:21

    Desporto

    A Juventus surpreendeu grande parte do mundo do futebol quando alterou completamente o emblema. Agora, o símbolo faz lembrar as iniciais do nome do treinador do Sporting. Jorge Jesus não sabia, mas ficou esta terça-feira a saber e parece ter gostado. O técnico de Alvalade regressa quarta-feira ao estádio da equipa italiana, que conhece muito bem.