sicnot

Perfil

New Articles

Proteção Civil italiana não avança com número de vítimas

Proteção Civil italiana não avança com número de vítimas

O chefe da Proteção Civil italiana, Fabrizio Curcio, não quer avançar para já com um balanço oficial, considerando precoce, dado que estão em curso as operações de salvamento. O chefe da Proteção Civil compara este terramoto, que foi registado à superfície com o sismo de magnitude 6,3 que causou, em 2009, mais de 300 mortos e devastou a região de Abruzos, perto de Aquila. Segundo o autarca de Amarice, uma das localidades mais afetada pelo tremor de terra, Sergio Pirozzi, "metade da cidade desapareceu". Accumoli, outra localidade afetada pelo sismo tem aproximadamente 700 habitantes, enquanto Amatrice cerca de 2.000.

  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22

    País

    Enquanto o Ministério Público investiga a fuga de informação no exame nacional de Português do 12.º ano, 74 mil estudantes ficam com a vida suspensa. Se a fuga se confirmar, o exame corre o risco de ser anulado e as candidaturas ao ensino superior atrasam. O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pelos exames, prometeu esclarecimentos para os próximos dias.