sicnot

Perfil

New Articles

Admiradores de George Michael depositam flores à porta da casa do cantor

Admiradores de George Michael depositam flores à porta da casa do cantor

Pouco depois da notícia da morte de George Michael vir a público, alguns admiradores do músico britânico depositaram flores e velas junto à porta da casa do cantor em Oxfordshire, no Reino Unido.

Por todo o mundo sucedem-se as reações à morte repentina do símbolo da luta LGBT no mundo do espetáculo. Madonna e Elton John mostraram-se chocados com a morte do amigo nas redes sociais. A rainha da pop publicou um vídeo no Instagram.

Na legenda descreve George Michael como um grande artista e aproveita para lembrar que 2016 foi um ano negro para o mundo da música. No Twitter, também Ringo Star, Simply Red, Ellen DeGeneres, entre muitos outros, recordaram o cantor de Freedom.

Its hard to take in. One of our most talented singer songwriters has left us. RIP George Michael. Such sad, tragic news. 2016 please end.

— Simply Red (@SimplyRedHQ) 25 de dezembro de 2016
  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.