sicnot

Perfil

New Articles

Falta de água em Portugal em análise

Falta de água em Portugal em análise

Ano após ano, haja seca ou não, há concelhos como o de Bragança por exemplo, que sofrem com a falta de água. O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar da estratégia do Governo para tentar resolver o problema.

  • Seca extrema atinge 80% do território nacional
    1:57

    País

    Portugal atravessa um período de seca extrema que atinge 80% do território, apesar da chuva intensa que se faz sentir no norte e centro do país. Há quase 30 anos que as barragens não estavam tão vazias. O Governo diz que a situação é "gravíssima" e garante estar a preparar um plano para atenuar o problema.

  • Comissão Permanente da Seca ativada após situação extrema em junho

    País

    Quase 80% de Portugal continental encontrava-se, em junho, em situação de seca severa e extrema, segundo o boletim climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que caracterizou aquele mês como "extremamente quente e muito seco". Posto isto, o Governo vai ativar de imediato a Comissão Permanente de Prevenção, Monitorização e Efeitos da Seca, criada há cerca de um mês.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.