sicnot

Perfil

Infografias

Os 23 convocados para o Euro 2016

INFOGRAFIA

Estão escolhidos os jogadores que vão representar Portugal no campeonato europeu de futebol, em França.

M\303\201RIO CRUZ

© Hugo Correia / Reuters

  • Cristiano Ronaldo é um dos mais amados jogadores do planeta
    2:09

    Euro 2016

    Cristiano Ronaldo está na lista de convocados de Fernando Santos para o Euro 2016. O capitão da seleção nasceu na Madeira em 1985 e cresceu num bairro pobre do Funchal. O jogador chegou ao Sporting em 1997 e em 2003, com 18 anos, foi jogar para o Manchester United, onde recebia 160 mil euros por mês. Em 2004 foi eleito para a equipa ideal da UEFA. Ronaldo foi vendido por 94 milhões de euros ao Real Madrid em 2009 e desde então tem jogado na equipa espanhola. Conta com três Bolas de Ouro e quatro Botas de Ouro.

  • Rui Patrício regressa a um campeonato europeu
    1:17

    Euro 2016

    Rui Patrício foi convocado para o Euro 2016. O guarda-redes do Sporting tem 28 anos e já fez 373 jogos pela equipa, a quem entregou seis taças: três de Portugal e três Supertaças. Estreou-se na seleção portuguesa em 2010, fez cinco jogos no Euro 2012 e apenas um no Mundial do Brasil em 2014.

  • Renato Sanches tornou-se em poucos meses um dos mais admirados jogadores do momento
    1:21

    Euro 2016

    Renato Sanches tornou-se em poucos meses um dos mais admirados jogadores portugueses. Nasceu em Lisboa e tem 18 anos. Cresceu na Musgueira Norte, um dos bairros mais problemáticos da capital, onde jogava com os amigos na rua. Foi convocado por Fernando Santos para o Euro 2016. Há poucos dias o jogador do Benfica foi comprado pelo Bayern Munique, uma transferência consumada sem o jogador ter terminado a primeira época na liga portuguesa. A equipa alemã pagou 35 milhões de euros por Renato Sanches, que podem vir a aumentar consoante a sua prestação.

  • Pepe tem sido convocado para todas as fases finais de europeus e mundiais
    1:33

    Euro 2016

    Pepe chegou a Portugal com 18 anos para jogar no Marítimo. Em 2004, Képler Lima foi contratado pelo FC Porto e de dragão ao peito foi duas vezes campeão nacional. O Real Madrid pagou 30 milhões de euros ao FC Porto para contratar o defesa no verão de 2007. No mesmo ano, o defesa central do Real Madrid obteve nacionalidade portuguesa e estreou-se na seleção nacional. Pepe leva já 70 jogos na seleção e é um dos 20 jogadores com mais internacionalizações.

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.