Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
1:13

Tsipras acusa Portugal e Espanha de liderarem conspiração contra a Grécia

2
1:06

Primeiro-ministro grego diz que o país conseguiu tempo para respirar

3
2:02

Passos vai "bater-se por maioria absoluta" nas Legislativas

4
0:44

António Costa rejeita hipótese de Governo de bloco central com o PSD

5
1:31

Portugueses precisam de paciência de chinês para aturar este Governo, diz Carlos César

6
0:38

Bloco de Esquerda defende que Passos está "enredado num conto de crianças"

7
0:38

Lopetegui diz não estar preocupado com distância para o Benfica

8
0:38

Marco Silva considera clássico decisivo para as duas equipas

9
0:57

Estado arrecada em janeiro 11,7 milhões com multas do código da estrada

10
2:34

Feira do Fumeiro decorre este fim de semana em Trancoso

11
1:50

A agitação do último dia de saldos

12
1:35

Quatro portuguesas juntaram-se ao Estado Islâmico

13
1:44

Vários líderes mundiais lamentaram assassinato de Boris Nemtsov

14
1:03

Príncipe William em visita oficial ao Japão

15
2:40

Casa de Mateus recebe cerca de 90 mil turistas por ano

11:38 03.06.2013

Suspeitos da morte de soldado em Londres ouvidos hoje em tribunal

Os dois suspeitos da morte de um soldado em Londres vão comparecer hoje em dois tribunais da capital britânica, indicaram fontes judiciárias citadas pela agência AFP.

Michael Adebolajo, de 28 anos, vai apresentar-se no tribunal de Westminster,  depois de ter sido acusado no sábado da morte do soldado Lee Rigby, de 25  anos, de tentativa de homicídio de dois polícias e da posse de uma arma  de fogo. 

O outro suspeito, Michael Adebowale, de 22 anos, deverá apresentar-se  no tribunal de Old Bailey, no centro de Londres, para uma audiência de libertação  sob caução, antes de uma audiência preliminar do seu processo, agendada  para o dia 28. 

Adebowale é acusado de homicídio e de posse de arma de fogo e deverá  também apresentar-se na quinta-feira no tribunal de Westminster para confirmar  a sua identidade e morada, depois de ter saído do hospital na semana passada.

Os dois suspeitos de origem nigeriana foram detidos a 22 de maio no  local do crime, tendo sido feridos a tiro, o que fez com que fossem hospitalizados.

O soldado britânico foi atingido por um carro e depois morto à facada.

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Mundo

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .