Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
0:36

Nobre dos Santos alerta para problemas na reposição das 35 horas em alguns Ministérios

2
0:57

Carlos Costa admite novos despedimentos no Novo Banco

3
1:52

Presidente do Parlamento Europeu defende Vítor Constâncio

4
0:57

Costa reúne-se com delegação de professores para discutir ensino privado

5
1:01

Ministro garante cumprir compromissos assumidos pelo anterior Governo

6
3:19

Colégios privados queixam-se que Governo está a quebrar contrato

7
2:33

PSD e CDS acusam Governo de pôr em causa postos de trabalho

8
1:07

Barroso faz balanço de mais de 30 anos de carreira no adeus à vida política

9
2:03

Estivadores mantêm greve porque consideram que nada mudou

10
0:33

Taxistas criam grupo de trabalho para lidar com concorrência da Uber

11
0:40

Medidas de coação da Operação Matrioskas devem ser conhecidas amanhã

12
0:53

Fim de semana com chuva, trovoada e vento forte em todo o país

13
1:53

Fogo na província de Alberta fora de controlo desde domingo

14
0:45

Campos de refugiados bombardeados junto à fronteira da Síria com a Turquia

11:38 03.06.2013

Suspeitos da morte de soldado em Londres ouvidos hoje em tribunal

Os dois suspeitos da morte de um soldado em Londres vão comparecer hoje em dois tribunais da capital britânica, indicaram fontes judiciárias citadas pela agência AFP.

Michael Adebolajo, de 28 anos, vai apresentar-se no tribunal de Westminster,  depois de ter sido acusado no sábado da morte do soldado Lee Rigby, de 25  anos, de tentativa de homicídio de dois polícias e da posse de uma arma  de fogo. 

O outro suspeito, Michael Adebowale, de 22 anos, deverá apresentar-se  no tribunal de Old Bailey, no centro de Londres, para uma audiência de libertação  sob caução, antes de uma audiência preliminar do seu processo, agendada  para o dia 28. 

Adebowale é acusado de homicídio e de posse de arma de fogo e deverá  também apresentar-se na quinta-feira no tribunal de Westminster para confirmar  a sua identidade e morada, depois de ter saído do hospital na semana passada.

Os dois suspeitos de origem nigeriana foram detidos a 22 de maio no  local do crime, tendo sido feridos a tiro, o que fez com que fossem hospitalizados.

O soldado britânico foi atingido por um carro e depois morto à facada.

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Mundo

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .