Última Edição

DIRETO

0
0:05

Última Edição

1
0:35

Dezenas de pessoas gritam por demissão de Crato nas galerias do Parlamento

2
0:44

Bloco de Esquerda exige a demissão da ministra da Justiça

3
0:33

Marques Guedes remete para as Finanças qualquer posição sobre o Novo Banco

4
1:57

Luís Filipe Menezes investigado pela PJ e PGR

5
0:54

Lacão diz que maioria dos partidos discorda da proposta de redução de deputados

6
0:52

Alberto Martins pede a Seguro reunião da Comissão Política para discutir redução de deputados para 181

7
2:04

Pais manifestam-se junto a Centro Escolar de Coimbra

8
3:11

Falta de professores em agrupamento escolar da Ericeira

9
1:33

Enfermeira francesa ao serviço dos Médicos Sem Fronteiras na Libéria contrai vírus Ébola

10
2:26

Escócia decide hoje se quer regressar à independência

11
1:31

Seca provoca uma das maiores épocas de incêndios na Califórnia

12
1:27

Estoril estreia-se na Liga Europa frente ao PSV Eindhoven

13
0:59

José Mourinho ficou frustrado com o empate com o Schalke

11:38 03.06.2013

Suspeitos da morte de soldado em Londres ouvidos hoje em tribunal

Os dois suspeitos da morte de um soldado em Londres vão comparecer hoje em dois tribunais da capital britânica, indicaram fontes judiciárias citadas pela agência AFP.

Michael Adebolajo, de 28 anos, vai apresentar-se no tribunal de Westminster,  depois de ter sido acusado no sábado da morte do soldado Lee Rigby, de 25  anos, de tentativa de homicídio de dois polícias e da posse de uma arma  de fogo. 

O outro suspeito, Michael Adebowale, de 22 anos, deverá apresentar-se  no tribunal de Old Bailey, no centro de Londres, para uma audiência de libertação  sob caução, antes de uma audiência preliminar do seu processo, agendada  para o dia 28. 

Adebowale é acusado de homicídio e de posse de arma de fogo e deverá  também apresentar-se na quinta-feira no tribunal de Westminster para confirmar  a sua identidade e morada, depois de ter saído do hospital na semana passada.

Os dois suspeitos de origem nigeriana foram detidos a 22 de maio no  local do crime, tendo sido feridos a tiro, o que fez com que fossem hospitalizados.

O soldado britânico foi atingido por um carro e depois morto à facada.

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Facebook

Mais Populares

Mundo

Publicidade

Agora

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .