sicnot

Perfil

Mundo

Vaticano "toma nota" das observações da ONU sobre abusos sexuais de menores

A Santa Sé afirmou hoje que "tomou  nota" das observações contidas num relatório do Comité das Nações Unidas  para os Direitos das Crianças, que analisou os abusos sexuais contra menores  cometidos por membros da Igreja Católica.  

A general view of St. Peter's square as Pope Benedict XVI conducts a special mass in Vatican City in this October 21, 2012 file photograph. A Vatican court on November 5, 2012, heard how Pope Benedict's former butler, who has been jailed for stealing papal documents, refused to allow technicians to check his computer for six years before his arrest.The detail emerged at the first hearing of the trial of Claudio Sciarpelletti, a computer expert who is charged with aiding and abetting former butler Paolo Gabriele. REUTERS/Stefano Rellandini /Files (VATICAN - Tags: RELIGION CRIME LAW)

A general view of St. Peter's square as Pope Benedict XVI conducts a special mass in Vatican City in this October 21, 2012 file photograph. A Vatican court on November 5, 2012, heard how Pope Benedict's former butler, who has been jailed for stealing papal documents, refused to allow technicians to check his computer for six years before his arrest.The detail emerged at the first hearing of the trial of Claudio Sciarpelletti, a computer expert who is charged with aiding and abetting former butler Paolo Gabriele. REUTERS/Stefano Rellandini /Files (VATICAN - Tags: RELIGION CRIME LAW)

© Stefano Rellandini / Reuters

"A Santa Sé tomou nota das observações finais" do relatório, considerações  que irá analisar "com atenção", garantiu o Vaticano, num comunicado.  

Na mesma nota informativa, o Vaticano lamentou "uma tentativa de ingerência  no ensinamento da Igreja sobre a dignidade da pessoa e no exercício da liberdade  religiosa", numa alusão às críticas do comité sobre as posições da Santa  Sé contra o aborto e a contraceção.  

O Comité das Nações Unidas para os Direitos das Crianças exigiu num relatório hoje apresentado em Genebra  (Suíça), que o Vaticano entregue à Justiça todos os padres que tenham abusado  sexualmente de menores ou que sejam suspeitos disso, criticando ainda a  atitude de passividade da Santa Sé. 

No documento, o comité sublinhou uma "profunda preocupação quanto aos  abusos sexuais de crianças por membros da Igreja Católica sob a autoridade  da Santa Sé, com religiosos implicados em abusos de dezenas de milhares  de crianças no mundo". 

"O comité está profundamente preocupado pelo Vaticano não reconhecer  a extensão dos crimes cometidos e não tomar as medidas necessárias para  tratar de casos de abusos sexuais de crianças e proteger estas crianças,  não aplicando políticas e práticas que levam ao julgamento e punição destes  abusos", frisou o texto. 

Em declarações à comunicação social em Genebra, a presidente do Comité  das Nações Unidas para os Direitos das Crianças, Kristen Sandberg, afirmou  que o Vaticano violou até à data a Convenção sobre os Direitos da Criança  em matéria de abusos sexuais. 

Quando questionada se as considerações do relatório do comité poderiam  significar que o Vaticano viola a Convenção em matéria de abusos sexuais,  Kristen Sandberg disse: "a minha resposta simples é que sim, existe uma  violação da Convenção até à data porque eles não fizeram tudo aquilo que  poderiam ter feito". 

O relatório hoje apresentado é resultado de uma avaliação realizada  em janeiro passado pelo comité da ONU, que envolveu 18 especialistas independentes  dos direitos humanos de diversos países. 

 

Lusa

  • Pinto da Costa internado após queda

    Desporto

    O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, sofreu uma queda e foi internado de urgência no Hospital de São João. O acidente já foi confirmado pelo clube em comunicado.

  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Mulher do primeiro-ministro japonês "é uma mulher fantástica mas não fala inglês"
    0:35

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos falou pela primeira vez sobre o segundo encontro que manteve com Vladimir Putin, durante a Cimeira do G20, em Hamburgo. Donald Trump explica que a conversa com o Presidente russo resultou de uma troca de lugares durante um jantar. Trump ficou ao lado da mulher do primeiro-ministro japonês, que não saberia falar inglês, e Melania estava sentada ao pé do Presidente da Rússia, Vladimir Putin.

  • "Octávio Machado foi a terceira escolha" para o cargo
    2:01
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • "Sempre me senti em casa em Portugal"
    1:11