sicnot

Perfil

Mundo

Venezuela anuncia visto obrigatório para cidadãos dos EUA

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Para proteger o nosso país (...) foi decidido criar um sistema de vistos obrigatórios para todos os cidadãos dos Estados Unidos que entrem na Venezuela", declarou Maduro, num discurso público perante apoiantes. 


Maduro disse que os norte-americanos acusados de "terrorismo" e nomeadamente o antigo presidente George W. Bush seriam proibidos de entrar na Venezuela. 


O Presidente venezuelano explicou ter tomado esta medida após a detenção, no oeste do país, de um piloto norte-americano de origem latino-americana, suspeito de espionagem. 


Além de Bush, Maduro citou os nomes do antigo vice-presidente Dick Cheney e de dois republicanos, membros do Congresso dos Estados Unidos, Bob Melendes e Marco Rubio. 


Nicolas Maduro exigiu ainda uma redução, em conformidade com a Convenção de Viena, do número de diplomatas norte-americanos em funções na capital venezuelana. 


Os Estados Unidos "têm 100 funcionários (em Caracas), nós temos 17 (em Washington). Estabeleça-se a igualdade entre os Estados", declarou. 


Em dezembro, Washington impôs sanções, em particular restrições ao número de vistos e congelamento de bens, a alguns responsáveis venezuelanos acusados de violações dos direitos humanos e de corrupção. 



Lusa
  • UGT reivindica que salário mínimo ultrapasse os 600€
    0:26

    Economia

    O secretário-geral da UGT reivindica que até 2019 o salário mínimo nacional ultrapasse os 600 euros. Este sábado, num congresso distrital na Guarda, Carlos Silva considerou que o Governo tem condições para ir mais além e voltou a defender que para o próximo ano o patamar mínimo para a negociação deve ser os 585 euros.

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04
  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.