sicnot

Perfil

Mundo

Avião solar prepara volta ao mundo a partir de Abu Dhabi

O avião movido a energia solar "Solar Impulse 2" fez hoje o seu terceiro voo de teste com sucesso, na preparação para uma volta ao mundo com o intuito de promover o uso desta energia.

Voo do Solar Impulse 2 sobre o Lago Murten, Suíça, em setembro de 2014.

Voo do Solar Impulse 2 sobre o Lago Murten, Suíça, em setembro de 2014.

© Denis Balibouse / Reuters

Os organizadores do evento dizem que a volta ao mundo pode começar já este sábado, mas que não podem ainda garantir a data, dado que o início da viagem depende das condições atmosféricas, mesmo que o avião parta do Golfo, uma região tradicionalmente sem nuvens e com boa exposição solar.

O voo de hoje, que durou uma hora, foi o terceiro concretizado pelo avião, que partiu do pequeno aeroporto de Al-Batten, em Abu Dhabi, mas o primeiro para o presidente executivo da empresa Solar Impulse, o suíço Bertrand Piccard.

O projeto que agora está prestes a descolar é o resultado de 13 anos de investigação e trabalho dos pilotos suíços Piccard e Andre Borschberg, que desenvolveram uma ideia que no início foi ridicularizada pela indústria da aviação.

O avião é alimentado por mais de 17 mil células solares embutidas nas suas asas, que medem 72 metros, quase tão grandes como as do 'Superjumbo' Airbus A380, mas pesa menos do que 1% do daquele avião, ou seja, cerca de 2,3 toneladas.

Na viagem prevista para breve, o avião levantará em Abu Dhabi e aterrará em Muscat, capital do Omã, seguirá viagem para Myanmar, China, Havai e Nova Iorque, devendo ainda fazer aterragens no centro dos Estados Unidos e ou no sul da Europa ou no Norte de África, dependendo das condições atmosféricas.



Lusa
  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Hotel inovador na Madeira
    2:23

    Economia

    O grupo Pestana está a construir no Funchal, um novo e único hotel, através de uma técnica inovadora que quase não utiliza cimento. Este vai ser o primeiro hotel do mundo construído com um sistema modular desenvolvido em Portugal. O hotel vai ter 77 quartos e vai ficar construído em apenas seis meses. O maior grupo hoteleiro português admite recorrer a este novo sistema em futuros hotéis.

  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43

    Daesh

    Há suspeitas de que o Daesh tenha criado uma vala comum com cerca de seis mil corpos a sul de Mossul, no Iraque. A área em redor estará minada. A revelação é de uma equipa de reportagem da televisão britânica Sky News.

  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.