sicnot

Perfil

Mundo

Avião solar prepara volta ao mundo a partir de Abu Dhabi

O avião movido a energia solar "Solar Impulse 2" fez hoje o seu terceiro voo de teste com sucesso, na preparação para uma volta ao mundo com o intuito de promover o uso desta energia.

Voo do Solar Impulse 2 sobre o Lago Murten, Suíça, em setembro de 2014.

Voo do Solar Impulse 2 sobre o Lago Murten, Suíça, em setembro de 2014.

© Denis Balibouse / Reuters

Os organizadores do evento dizem que a volta ao mundo pode começar já este sábado, mas que não podem ainda garantir a data, dado que o início da viagem depende das condições atmosféricas, mesmo que o avião parta do Golfo, uma região tradicionalmente sem nuvens e com boa exposição solar.

O voo de hoje, que durou uma hora, foi o terceiro concretizado pelo avião, que partiu do pequeno aeroporto de Al-Batten, em Abu Dhabi, mas o primeiro para o presidente executivo da empresa Solar Impulse, o suíço Bertrand Piccard.

O projeto que agora está prestes a descolar é o resultado de 13 anos de investigação e trabalho dos pilotos suíços Piccard e Andre Borschberg, que desenvolveram uma ideia que no início foi ridicularizada pela indústria da aviação.

O avião é alimentado por mais de 17 mil células solares embutidas nas suas asas, que medem 72 metros, quase tão grandes como as do 'Superjumbo' Airbus A380, mas pesa menos do que 1% do daquele avião, ou seja, cerca de 2,3 toneladas.

Na viagem prevista para breve, o avião levantará em Abu Dhabi e aterrará em Muscat, capital do Omã, seguirá viagem para Myanmar, China, Havai e Nova Iorque, devendo ainda fazer aterragens no centro dos Estados Unidos e ou no sul da Europa ou no Norte de África, dependendo das condições atmosféricas.



Lusa
  • A história de João Ricardo
    10:37
  • Parceiros sociais começam hoje debate sobre salário mínimo

    Economia

    Os parceiros sociais reúnem-se hoje com o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, para iniciarem a discussão sobre a atualização do salário mínimo para o próximo ano, com as centrais sindicais e confederações patronais a assumirem posições divergentes.Em cima da mesa estarão as propostas das centrais sindicais, com a CGTP a exigir 600 euros a partir de janeiro de 2018 e a UGT a reivindicar 585 euros como ponto de partida para a negociação.

  • Os 72 golos de mais uma noite de Liga Europa

    Liga Europa

    Os 16 avos-de-final da Liga Europa começam a ganhar forma. São já 16 as equipas apuradas para a próxima fase da competição, entre elas o Sporting de Braga, que somou mais uma vitória. Em sentido inverso, o Vitória de Guimarães saiu derrotado de Salzburgo e ficou mais longe da qualificação. A 5.ª jornada da fase de grupos jogou-se esta quinta-feira e ao todo marcaram-se 72 golos. Estão todos aqui, para ver ou rever.

  • "No fim, logo se vê" se foram quatro anos de uma legislatura perdida
    1:28

    País

    Pedro Passos Coelho acusa o Governo de perder uma legislatura. O presidente do PSD diz que "no fim, logo se vê" se foram ou não quatro anos de oportunidade perdida para o país. No último Conselho Nacional antes das eleições diretas do partido, Passos acusou o Executivo de perder o rumo e apontou os casos do Infarmed e do aumento do preço da água como exemplos de desorientação.

  • Marcelo apoia novo Mecanismo Europeu de Proteção Civil
    0:44

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa considera o novo Mecanismo de Proteção Civil uma ideia muito boa, que tem todo o apoio do Governo e do Presidente da República. Marcelo apenas lamenta que o modelo não existisse durante os incêndios deste ano.