sicnot

Perfil

Mundo

Co-presidente do Deutsche Bank será julgado sob acusação de falso testemunho

Jürgen Fitschen, co-presidente do banco alemão Deutsche Bank, será julgado a partir de abril, acusado de falso testemunho num processo anterior, anunciou hoje um tribunal de Munique.

(Reuters/Arquivo)

Fitschen e quatro antigos dirigentes do Deutsche Bank (Rolf Breuer, Josef Ackermann, Clemens Boersig e Tessen von Heydebreck) são acusados de "falso testemunho" e de terem tentado enganar a justiça num processo que opôs o banco ao ex-magnata dos 'media' Leo Kirch e à família deste, referiu o tribunal em comunicado.

O julgamento terá início a 28 de abril, segundo o tribunal.

Segundo a agência Efe, o Ministério Público de Munique acusa os executivos do Deutsche Bank de terem dado informações falsas num anterior processo judicial para impedir o pagamento de indemnizações aos herdeiros de Leo Kirch.

Leo Kirch, que morreu em 2011, aos 84 anos, acusou o Deutsche Bank de ter provocado a queda do seu grupo em 2002. 

Em causa, estava uma pequena entrevista à Bloomberg TV na qual o então líder do banco, Rolf Breuer, lançou dúvidas sobre a solidez financeira do grupo de 'media' que tinha canais de televisão para assinantes e direitos de difusão de eventos desportivos.

Fitschen, que é co-presidente do Deutsche Bank com Anshu Jain desde junho de 2012, é suspeito de não ter corrigido declarações "manifestamente falsas" dos outros acusados para não prejudicar a sua estratégia de defesa, indicou o Ministério Público em setembro, citado pela AFP. 

O Deutsche Bank anunciou em fevereiro de 2014 que pagaria perto de mil milhões de euros aos herdeiros de Kirch para resolver o caso, que se arrastava na justiça há mais de dez anos.


Lusa
  • Pagaram 10 libras por diamante que vale milhares

    Mundo

    Há 30 anos um comprador adquiriu um anel de diamantes de 26.27 quilates por apenas 10 libras (cerda de 11 euros) numa feira em Isleworth, no oeste Londres. O proprietário passeou durante três décadas com uma peça que valia cerca de 350.000 libras (407.000€) e não sabia. Confessa que até a usava durante as tarefas domésticas.

    SIC

  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.

  • Caçador morre esmagado por elefante

    Mundo

    Um famoso caçador morreu na sexta-feira após ser esmagado por um elefante quando estava a caçar. A morte foi confirmada pelas autoridades do Zimbabué, que adiantaram ainda que o animal foi morto por um dos caçadores do grupo de Theunis Botha.